Compra de Criptomoedas aumenta na quarentena

Compra de Criptomoedas aumenta na quarentena

É fato que a pandemia do Coronavírus mudou as coisas ao redor do mundo em diversas áreas. Com a quarentena e o aumento do desemprego, cada vez mais pessoas estão seguindo o caminho da criptomoeda. Na Rússia não está sendo diferente.

Segundo a empresa de segurança cibernética, Qrator Labs, com o surto global de Coronavírus, as pessoas estão cada vez mais e mais envolvidas com serviços de criptomoedas.

Na Rússia especialmente, a compra referente à troca de criptomoedas subiu cerca de 5,56%. O aumento teve seu pico na última semana de março deste ano, em comparação com as médias de fevereiro.

O relatório da Qrator Labs também observa que a porcentagem crescente está possivelmente associada ao aumento do interesse no ramo de criptomoedas. Ademais, foi notado um aumento nos mercados de câmbio da Rússia de aproximadamente 3%.

Coincidentemente, ou não, o aumento nas compras foi registrado exatamente na primeira semana de quarentena da Rússia, que foi originalmente agendada de 28 de março a 5 de abril, como forma de combater o Covid-19. Pouco mais tarde, a semana de “quarentena” se prolongou até o dia 30 de abril pelo presidente russo Vladimir Putin.

Compra de Criptomoedas aumenta na quarentena

Ataques de DDos também aumentaram na quarentena

Não foram apenas as compras que aumentaram nesse período, mas também os ataques de DDoS. Enquanto o aumento nas compras no mercado de criptomoedas foi de 5,56%, os ataques de negação de serviço (DDoS) aumentaram de forma absurda. Segundo relatório da empresa Qrator Labs, a quantidade de ataques em plataformas de criptomoedas chegou a aproximadamente 486% na mesma época.

Informações como essas, nos evidenciam o impacto positivo que o surto global do Coronavírus causou no mercado de criptomoedas. Como relatado anteriormente, desde julho de 2019, o Bitcoin não atingia um nível tão alto como foi atingido em março de 2020.

Co-fundador da principal empresa de criptografia Gemini, Cameron Winklevoss, declarou em 12 de abril que acredita na imensa importância do covid-19 para o Bitcoin e seus usuários. Winklevoss acredita que devido ao Coronavírus, o Bitcoin viverá um “ponto de inflexão” histórico.

Compartilhe este post

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.