A necessidade de uma nova moeda de reserva atualmente

A necessidade de uma nova moeda de reserva atualmente

Os problemas trazidos pela pandemia do coronavírus estão mostrando a necessidade da cooperação internacional para resoluções. A economia está em crise, e isso mostra a urgência da criação de uma nova moeda. Entretanto, os mercados não funcionam no vácuo de oferta e demanda, e existem motivos pela razão do dólar ser a reserva mundial. É preciso saber sobre como os diferentes tipos de mercado funcionam em tempos de crise, para entender o valor estrutural de uma economia e da diversidade de mercados.

A moeda reserva promove segurança em tempos de crise

O motivo de países escolherem a manutenção do dólar americano durante crises, como a atual causada pelo COVID-19, é a desvalorização rápida de moedas locais. Nos dias de hoje, a solução está sendo as moedas digitais. A estabilidade do dólar durante crises o faz permanecer como moeda reserva. Entretanto, não é simplesmente assim que se entende o valor e a necessidade real de haver uma moeda reserva. A maioria das moedas possuem vida útil de aproximadamente 100 anos, fazendo levar a conclusão de que o dólar está em queda, promovendo uma nova moeda reserva, tendo necessidade de esta ser melhor que o dólar americano.

As causas da liderança do dólar são a geopolítica, isolamento geográfico, recursos naturais, um grande mercado interno, e estabilidade comercial. A nova moeda provavelmente irá buscar o aumento de acesso para ampliar a estabilidade.

Chance da nova moeda reserva ser uma criptomoeda

As criptomoedas tem a vantagem de serem completamente acessíveis e recebidas de maneira livre pela rede. Com isso, seria realizada a real inclusão financeira, em que não se trata apenas de troca de moedas fiduciárias para criptomoedas, e sim de uma novidade no tipo de produção que adiciona quem é financeiramente excluído.

Desde o princípio do bitcoin, as criptomoedas vêm sendo a cabeça da cooperação econômica internacional na atualidade. O valor das criptomoedas ultrapassa afiliação política e soberania, pois são originadas de valor algorítmico e calculável. A criptomoeda possui altas chances de se transformar na próxima moeda de reserva mundial devido sua capacidade de reconstrução da função do governo na área econômica e seu objetivo de expansão de acesso aos mercados.

Entretanto, especialistas em finanças tradicionais expõem dúvidas sobre essa possibilidade. Tais dúvidas derivam da oscilação do preço do bitcoin e de outras moedas de criptografia. Além disso, há preocupações sobre a flexibilidade de liquidação de contratos globais. Mesmo já sendo utilizada em todo mundo, a criptomoeda necessitaria estabelecer infraestrutura para apoiar a utilização em massa e uso principal.

Outro questionamento é sobre a afiliação de moedas reserva ao governo, e as criptomoedas são de domínios privados, causando receio de que interesses privados sejam prioridade. Criticas parecidas foram feitas ao Libra, do Facebook. Portanto, apesar de ser um modelo promitente, existem conflitos por parte de governos e organizações internacionais sobre as leis antitruste.

Dentre todas preocupações, a maior é a questão da infraestrutura. E as preocupações com a volatilidade das criptomoedas e interesses corporativos não possuem justificativas.

Veja mais em: Criptomoedas

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário