O que é Wallet? O que é carteira?

O Bitcoin é uma criptomoeda, que possui características próprias quando temos que comprá-lo e guardá-lo. Com as criptomoedas não existe um mundo físico já que todas as suas operações não realizadas de forma digital. Então, elas não podem ser guardadas da mesmo forma que outras moedas como o real, por exemplo. Por isso existem as wallets, também conhecidas como carteiras.

Portanto, as moedas digitais devem ser armazenadas em plataformas públicas como a Blockchain, que só é acessada com chaves individuais e exclusivas usadas para assinar operações de forma protegida.

A sequência dessa chave é enviada ao destinatário e essa chave é o que torna possível uma operação com moedas digitais.

A carteira ou wallet é um aplicativo, site ou dispositivo que organiza e gerencia essas informações. Entretanto, há diversos tipos de wallets no mercado. Quer saber mais sobre elas? Então, leia este conteúdo até o final. Vamos começar?

O que é uma carteira?

Uma wallet não armazena apenas bitcoins. Ela pode armazenar chaves públicas e privadas que dão acesso a registro da blockchain e de criptomoedas. Assim, o item mais precioso de uma wallet é a sua chave privada.

Escolher uma wallet para guardar suas moedas é o primeiro passo para qualquer iniciante, sem uma carteira você não pode receber, guardar e até gastar suas moedas. A carteira age como uma plataforma pessoal para as operações de criptomoedas assim como uma conta bancária, ou seja, ela é um programa para enviar e receber moedas digitais.

A chave privada é uma ordem se caracteres, que com o seu uso autoriza a manipulação de uma wallet. Ela atua como uma senha da wallet, consequentemente ela não deve ser compartilhada.

Essa chave privada funciona como uma direção para encontrar o saldo de suas criptomoedas que foram adicionadas a blockchain.

Com a chave privada também é gerado um endereço público para efetuar transações como negociações com suas moedas, ela é conhecida como chave pública. Essa você pode compartilhar com alguém é até indicado que alguém da sua confiança possua.

Para quem perde as senhas você pode optar por carteiras que geram um conjunto de palavras que servem como senha de acesso e recuperação de uma wallet, com essa opção você pode evitar usar a chave privada, essas palavras são conhecidas por seed.

Com o uso de uma seed você consegue recuperar sua wallet em qualquer programa compatível com a sua criptomoeda.

Caso você perca seu smartphone ou PC, basta ter a seed e você poderá acessar sua carteira sem muitos problemas.

Quais os estilos de wallets?

Há no mercado diversas opções de carteiras para moedas digitais, com diversas funções, opções de segurança, praticidade, acessibilidade e disponibilidade. Confira a seguir quais são eles.

Wallets de papel

Como o próprio nome diz, ela é uma wallet de papel. A wallet paper é uma carteira física que contém o endereço público na rede bitcoin. Assim ela pode receber fundos e possibilita o gasto ou transferência dos valores armazenados ali.

Geralmente elas são impressas em forma de QR Code para que o usuário possa digitalizá-la com facilidade e assim incluir as chaves em uma carteira para realizar uma operação.

A wallet de papel é gerada usando serviços como o  Bitcoinpaperwallet, onde os usuários podem criar endereços aleatórios. A partir daí, a wallet paper pode ser impressa, com um design protegido.

A grande vantagem de uma wallet paper é que essas informações  não são armazenadas digitalmente em um local, isso torna os ataques de hacker praticamente impossível. Entretanto, alguns cuidados devem ser tomados.

Além disso, você precisa garantir que não está sendo vigiado por programas do tipo de malware no momento da criação da sua carteira de papel. Recomendamos que você use um sistema operacional livre.

Bitcoin físico

Representado por um objeto, seja um cartão recarregável com um valor fixo de BTC ou uma moeda guardando os valores enquanto a chave privada permanece em segredo, com um selo de inviolabilidade.

A primeira wallet física a ficar conhecida foi a Bitbill, e lembrava o design de um cartão de crédito, atualmente foi moldada para parecer uma medalha.

Os bitcoins físicos são uma maneira prática de guardar seus fundos de forma segura e são extremamente úteis para negociação fora do universo digital. Além do mais, recentemente elas são vistas como itens de colecionador.

O grande problema desta wallet BTC é a regulação que compreender a venda dessas criptomoedas físicas um crime por algumas jurisdições.

Wallets móveis

Para que atua com bitcoins diariamente, um wallet móvel é uma opção fundamental. Deste modo, ela é usada como um aplicativo no seu celular, que armazena suas chaves privadas e permite que você realize suas transações apenas com o seu celular.

Além do mais, muitos aplicativos permitem  que seus usuários acessem  a opção de comunicação por campo de proximidade, isso permite você simplesmente passe seu celular sobre o leitor para efetuar o pagamento, sem dar acesso a nenhuma informação.

As carteiras móveis usam a tecnologia de verificação de pagamento simplificada(SPV) da Blockchain, ele usa redes confiáveis para garantir todas as informações corretas.

Mesmo sendo uma solução prática e simples para guardar suas moedas, as wallets móveis são muito suscetíveis ao ataque de hackers. Então, você pode perder o controle sua carteira se alguém hackear o seu celular.

Existem muitos aplicativos de wallets para bitcoins que funcionam tanto em aparelhos Android ou Apple.

Wallets web

As carteiras de Bitcoin na web guardam suas chaves privadas no servidor de uma empresa que fornece essas operações. Portanto, ela está no ar 24 horas por dia e seu controle é feito essas empresas, algumas exchanges também possuem serviços de wallets, como por exemplo, a Binance.

Essas empresas oferecem diversos recursos, a maioria deles integram as wallets com desktops e seguem os endereços que você possui em outros locais.

Assim como as wallets móveis, as opções  para web ajudam seus usuários a acessar seus fundos de qualquer aparelho com acesso à internet.

Wallets de Desktop

A wallet de desktop precisa  ser baixada e instalada em seu computador, ela funciona guardando  suas chaves privadas no disco rígido. Portanto, ela é uma das mais seguras já que não depende de outros sistemas.

Outro ponto importante é que ela não está conectada à rede, o que evita que ela seja exposta a possíveis ataques. A carteira de desktop é uma ótima escolha para quem comercializa pequenas quantidades de Bitcoins.

Você encontra no mercado muitas opções de carteiras de desktop que solucionam diversas necessidades. Cada uma com seu diferencial, algumas priorizam o anonimato outras a segurança dentre outras.

Wallets de Hardware

As wallets de hardware armazenam as chaves privadas do usuário em um hardware seguro. Ela é conhecida por ser a maneira mais eficiente e segura para armazenar qualquer quantidade de criptomoedas, até hoje ela não possui registro de roubos.

Diferente das wallets de papel, que precisam ser movidas para o software em algum momento, as wallets de hardware podem ser acessadas de maneira  interativa e segura.

Sem contar que essas carteiras são imunes a malware. Elas ainda possuem telas que incluem mais uma camada de segurança e podem ser usadas para verificar detalhes fundamentais sobre a carteira.

Algumas carteiras de hardware ainda possuem telas, que adiciona outra camada de segurança, podendo ser usadas para verificar e exibir detalhes importantes da carteira.

Agora que você sabe o que é uma wallet e quais os tipos no mercado deixe o seu comentário e nos conte qual você usa!

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário