Início»Criptomoedas»Bitcoin»Quanto custa para minerar um único Bitcoin no seu país?

Quanto custa para minerar um único Bitcoin no seu país?

7
Compartilhamentos
Pinterest Google+

A chamada mineração de bitcoin é um tema quente no mundo das criptomoedas. Isso se deve principalmente ao aumento dos custos de eletricidade associados à criação de novas moedas digitais.

Ultimamente, os mineradores migraram para a Islândia, conhecida por seu clima relativamente moderado e pela abundância de energia hidrelétrica. De fato, o consumo de energia da mineração de bitcoin deve exceder o consumo privado, disse um especialista em energia. E de acordo com o Bitcoin Energy Consumption Index, o uso global de energia de toda a mineração bitcoin já equivale ao consumo de energia do país como a Dinamarca, que tem uma população de 5,7 milhões de pessoas, e eventualmente se aproximará de Bangladesh, um país de 163 milhões de habitantes.Em busca de economia de custos, mineradores de criptomoedas atravessam o mundo para aproveitar a energia mais barata. Essas mineradoras virtuais desempenham uma função crucial dentro da blockchain, ou a tecnologia de contabilidade descentralizada que sustenta a maioria das criptomoedas, resolvendo problemas complexos para validar transações na rede. Em troca dessa função, os poderes dos mineradores são recompensados ​​com bitcoins.

No entanto, como o protocolo do bitcoin opera com base na prova de trabalho, o que significa um gasto de poder computacional, tanto o poder quanto a dificuldade dos problemas aumentam à medida que os mineradores se aproximam do número máximo de bitcoins de 21 milhões. Atualmente, existem cerca de 16,9 milhões de bitcoins.

A principal atenção em torno do bitcoin ao atingir um nível máximo de US$ 20.000 em dezembro passado levou a um afloramento de mineradoras digitais e operações de mineração.

Então, onde é o lugar mais barato para minerar bitcoin?

De acordo com a pesquisa conduzida pela Elite Fixtures, o custo de mineração de um bitcoin varia significativamente em todo o mundo, de apenas US$ 531 para impressionantes US$ 26.170.

Leia Também:  Bitcoin está a caminho de fazer algo que a mais de um ano não faz

O relatório da Elite Fixtures analisou os custos de mineração de um bitcoin em 115 países diferentes, com base nas tarifas médias de eletricidade de acordo com dados do governo local, relatórios de empresas de serviços públicos e/ou informações da International Energy de Paris. A agência US Energy Information Administration e a empresa de dados sobre moedas, Oanda.

Relatório da Elite Fixtures sobre custos de mineração em 115 países

O que o relatório acima encontrou é que os EUA ocupam a 41ª posição entre os países, com um custo médio de energia para a mineração de um bitcoin de US$ 4.758, perto de outros países como a Rússia, US$ 4.675 e a, acima mencionada, Islândia com US$ 4.746. Isso significa que os investidores poderiam obter lucro com o valor atual do bitcoin.

 

Contudo, quaisquer que sejam os custos reais de energia, os tempos são muito mais difíceis na Coreia do Sul. Os apertados controles de capital dentro da indústria de bitcoin colocam ao país asiático como local mais caro para a mineração, onde seriam gastos impressionantes US$ 26.170 para extrair um único bitcoin.

O relatório da Elite Fixtures foi baseado no uso de modelos especializados em plataformas de mineração, incluindo o AntMiner S9, o AntMiner S7 e o Avalon 6 e o ​​gasto total de energia.

Para aqueles que querem fazer isso barato, vá para a Venezuela, onde o custo da mineração de um bitcoin é de apenas US $ 531. Mas tenha certeza antes de marcar a viagem, pois a Venezuela oferece alguns outros desafios que os mineiros devem superar. Como o controle estatal e o crescente número da violência.

Siga-nos nas redes sociais
Canal no Telegram Siga-nos no Facebook Acompanhe nosso Twitter Siga-nos no Instaram
Artigo anterior

Dois sul-coreanos condenados por fraude de US$ 20 milhões em Bitcoin

Próximo artigo

O maior fabricante de chips de mineração do mundo bate recordes de vendas

Nenhum Comentário

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.