O que é EOS (EOS)?

Coinbase vai adicionar mais uma criptomoeda em sua plataforma

Se você está em busca de novas oportunidades de investimentos as criptomoedas são uma das melhores escolhas. Entretanto, quando pensamos em moedas virtuais a primeira que nos vem a mente é o Bitcoin. Porém, há um mercado gigante de altcoins que são as moedas alternativas ao Bitcoin e uma das moedas que faz parte deste grupo é a EOS.

O EOS é um sistema operacional ou plataforma para quem quer realizar investimentos descentralizados. Sendo assim, ela é uma categoria de supercomputador que lê diversos programas de maneira livre e descentralizada.

O objetivo da plataforma é que cada um dos usuários consiga desenvolver um aplicativo, programa ou até mesmo contratos inteligentes e oferecer para a rede de maneira que haja aplicações sem mediadores.

A EOS possui a maior oferta inicial de história das criptomoedas. Sendo assim, a plataforma já arrecadou quase 5 milhões de dólares em uma oferta que durou mais de 1 ano. Em junho de 2018, os desenvolvedores lançaram sua rede conhecida como open source.

O maior desafio para a inclusão de redes blockchain é ser escalável. E é justamente neste sentido de promover a escalabilidade de protocolos descentralizados que a EOS se destaca. Sendo assim, o programa EOS promete alta velocidade, escalabilidade e, baixo custo por operações para dar a sua rede uma perfeita validação das operações.

Continue lendo este texto até o seu final e saiba sobre essa alternativa de investimento. Confira!

Como surgiu?

O software EOS open source foi criado pela empresa privada Block.One, e tinha como meta promover soluções end-to-end para trazer empresas para a plataforma EOS começando em sua programação estratégica até a aplicabilidade do produto.

A Block.One está sediada em Cayman. O CEO da empresa é Brendan Lumer e dirige a empresa desde 2014 quando foi fundada acompanhado do CTO Dan Larimer, que é seu desenvolvedor e bastante conhecido na rede porque teve contato com Satoshi Nakamoto via fórum.

A plataforma foi apresentada pela primeira vez por Dan Larimer em maio de 2017 na Consensus. Além da EOS Dan já havia criado a BitShares e Steem. Essas empresas estão entre os protocolos de blockchain mais usados do mundo.

Os três projetos de Dan e sua equipe foram desenvolvidos sob a arquitetura Graphene, com a meta de permitir um crescimento nas taxas de aplicações de blockchain.

Como funciona?

A plataforma é semelhante a Ethereum que, por enquanto, ainda é a plataforma mais conhecida dessa categoria de blockchains para arquitetura de softwares.

A EOS é a unidade base de valor para transações na rede. Ela atua como um combustível, método de pagamento ou até empréstimo feito por usuários da plataforma para que as máquinas possam desenvolver suas operações de contrato inteligente.

Além disso, a EOS pode ser aplicada para confirmação dos contratos e pagamentos dos mineradores. A EOS também é considerada um ativo digital que pode ser negociada nas melhores exchanges do mercado, como a Binance, isso também dá liquidez à criptomoeda.

Um dos pontos inovadores do Token EOS é a colaboração do gerenciamento a plataforma. Todos os investidores que possuem Token EOS podem votar nos 21 mineradores elegíveis para serem votados na blockchain. Cada token corresponde a 1 voto.

Quais são as principais características da EOS?

Confira a seguir algumas vantagens da EOS.

Alta escalabilidade

A EOS tem capacidade para processar milhões de operações por segundo. Atualmente o Ethereum processa cerca de 15.

Desenvolvimento de dApps

A plataforma permite o desenvolvimento de diversas linguagens de programação JavaScript. Outras plataformas têm a Solidity como única alternativa, o que desenvolve uma barreira maior de entrada a desenvolvedores.

Método diferente de governo

O atual modelo da EOS permite que os investidores realizem uma votação por meio de validadores e mudanças no protocolo.

Taxas reduzidas

A plataforma EOS não requer pagamentos de taxas, assim como o GAS no Ethereum, para que os aplicativos rodem no sistema.

Processamento paralelo

Com esse tipo de processamento as execuções são mais eficientes já que esse tipo de operação une vários processadores para executar a mesma atividade.

Como minerar EOS?

A opção Delegated Proof of Skate (DPoS) dispõe de uma ação diferente da comum. Dessa forma, não é possível minerar blocos a menos que o minerador esteja entre os 21 validadores de blocos eleitos pelos possuidores do token EOS por meio da votação (stalking).

Sendo assim, esses validadores são conhecidos como block producers e tem a responsabilidade de manter a rede ativa, no Brasil um dos 21 block producers é a EOS Rio.

Por que investir?

Essa é uma das perguntas mais frequentes e só pode ser respondida depois de muita pesquisa. Se você está interessado em desenvolver dApps, comprar criptomoedas EOS é um dos requisitos principais para isso.

Fora da especulação de preços, desde abril de 2018, o preço da EOS diminuiu gradativamente e permanece em baixa.

Entretanto, é preciso lembrar que o mercado de criptomoedas é variável e está sujeito a mudanças diárias. Então podemos dizer que antes de investir na moeda é preciso muitos estudos e nunca aplicar mais do que você pode perder.

Como comprar EOS?

A compra e venda da moeda é muito simples no Brasil, para isso você deve procurar uma exchange confiável e segura. Se quiser pode comprar com segurança na Binance.

Além desse tipo de compra você pode realizar a negociação no modelo peer-to-peer (p2p), entretanto, não há nenhuma garantia de que você receberá as moedas.

Onde armazenar suas moedas?

As moedas EOS podem ser guardadas na maioria das wallets comuns. Sendo assim, elas podem variar entre wallets “quentes” online e wallets de hardware. Cada estilo de carteira oferece uma vantagem diferente. Essas vantagens vão desde a alta segurança até a portabilidade simples.

Também é possível encontrar wallets específicas da EOS que são desenvolvidas pela comunidade e que além de facilitar o armazenamento das moedas ainda permite o voto dos criadores de blocos na rede. Alguns exemplos que podemos citar são:

  • Carteira de desktop- GreyMass EOS voter;
  • Aplicativo + extensão chrome;
  • Carteira de desktop- Guarda EOS wallet.

Entre outras.

Se você gostou de saber mais sobre a criptomoeda e a plataforma EOS, deixe o seu comentário!

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *