Início»Criptomoedas»Será que a Ripple se tornará o melhor investimento para 2018?

Será que a Ripple se tornará o melhor investimento para 2018?

1
Compartilhamentos
Pinterest Google+

O Bitcoin foi uma das histórias mais populares nos mercados financeiros em 2017, e seu sucesso foi apenas a ponta do iceberg para o mercado de criptomoedas mais amplo. No entanto, bem como o bitcoin no ano passado, a Ripple se destacou, e muitos investidores no espaço estão examinando de perto a alternativa do bitcoin como uma maneira de diversificar sua exposição à ativos digitais ou procurar ganhos potenciais ainda maiores.

Anúncio

À medida que o investimento em criptomoedas se popularizou, tornou-se cada vez mais importante conhecer tantos fatos quanto possível sobre os tokens nos quais desejamos investir. Com isso em mente, aqui estão alguns fatos sobre a Ripple que mesmo alguns investidores de bitcoins bem-sucedidos não sabem.

  1. A criptomoeda não é realmente chamada Ripple

A palavra “Ripple” é fácil de se falar, tornando-se um nome atraente para uma moeda digital. Contudo, o nome da empresa por trás do token é a Ripple Labs e suas publicações geralmente usam Ripple para se referir à rede global que a empresa estabeleceu para permitir que as instituições financeiras processem pagamentos de clientes em todo o mundo.

O recurso digital real associado à Ripple Labs é formalmente chamado XRP. O token é usado como parte da rede da ripple. No entanto, uma vez que é mais fácil dizer “Ripple” do que um acrônimo de três letras, o nome acabou se popularizando como sendo também o nome da criptomoeda.

  1. Você pode usar a rede de ripple sem possuir XRP

Como em algumas criptomoedas, ter um token é um elemento essencial para o serviço que é fornecido. Esse não é o caso da Ripple. As instituições financeiras podem usar a rede sem usar nenhum XRP. Se tornar parte da rede oferece acesso a recursos de pagamento de clientes instantâneos, confiáveis e econômicos.

A Ripple Labs explica que o uso do XRP pode ajudar as instituições a reduzir seus custos ao mesmo tempo que acessam novos mercados. As transferências globais em tempo real eliminam longos atrasos com a infra-estrutura da rede de pagamento existente e os provedores de pagamento podem usar o XRP para facilitar o movimento do dinheiro envolvendo câmbio.

  1. A Ripple Labs possui mais da metade do fornecimento total possível de XRP

A partir do início de 2018, a Ripple Labs possuía cerca de 60 bilhões de XRP do fornecimento total possível de 100 bilhões, dando-lhe uma participação de aproximadamente 60% em sua própria moeda. Alguns observaram que isso efetivamente centraliza o controle do XRP na organização Ripple. Esse fato não é visto com bons olhos por alguns investidores que alegam que a criptomoeda é centralizada.

A Ripple Labs declarou que mesmo em situações em que a infra-estrutura de uma criptomoeda não possua controle central explícito, um pequeno número de investidores importantes de bitcoín e de altcoins atingiram praticamente o status de oligopólio, ou seja, existem muitos compradores para poucos vendedores. Além disso, como você verá abaixo, a Ripple Labs pensa que seu plano de liberação controlada do XRP dá-lhe uma vantagem.

  1. Mais fornecimento de XRP está pronto para entrar no mercado todos os meses
Leia Também:  ANÁLISE 09-02 – ANDOU NA PRANCHA, CUIDADO O TUBARÃO VAI TE PEGAR

No final de 2017, a Ripple Labs colocou 55 bilhões de XRP em custódia, estabelecendo 55 contratos de custódia separados. Nos próximos 55 meses, esses contratos expirarão a uma taxa de um por mês, liberando até 1 bilhão de XRP no mercado. Se o Ripple Labs não usar todo o fornecimento do mês do XRP, ele será colocado novamente em depósito, com uma nova data de validade.

Ripple Labs diz que sua taxa média de uso mensal nos últimos 18 meses foi de cerca de 300 milhões de XRP. Isso poderia fazer com que o depósito demorasse 15 anos ou mais para terminar, e isso poderia eliminar as preocupações sobre o despejo de tokens no mercado de uma forma que poderia causar o seu impacto.

  1. A Ripple costumava fornecer sua própria carteira XRP

No início, a Ripple forneceu um site que permitia que as pessoas comprassem, vendessem, comercializassem e armazenassem XRP. O site RippleTrade.com atuou como uma carteira digital para transações XRP.

No início de 2016, a empresa optou por interromper esse serviço e a Ripple Labs se uniu a GateHub para migrar contas da RippleTrade para carteiras terceirizadas. Os usuários podiam escolher outros provedores se desejassem, mas para o Ripple Labs, o movimento foi projetado para permitir que eles se concentrassem em seu trabalho principal com instituições financeiras globais.

A Ripple viu sua popularidade saltar no ano passado, já que muitos investidores agora se familiarizaram com a criptomoeda e a rede de pagamento subjacente em que seus tokens são usados. À medida que a velocidade nas transações financeiras globais se torna mais crítica, alguns investidores verão a Ripple como uma maneira de ganhar dinheiro com a inovação transformacional no setor de pagamentos.

Invista com cuidado

Apesar dos pontos positivos apresentados, não esqueça que toda criptomoeda tem seus altos e baixos. Talvez a XRP seja, a primeira vista, um dos melhores investimentos entre as criptomoedas, mas não se deixe levar.

Estudar e entender a tecnologia mais a fundo é o principal passo a ser dado para quem deseja ser um investidor consciente. Além disso, estude as possibilidades da moeda e se a mesma tem fator decisivo nos planos da empresa emissora da mesma. Não adianta nada você comprar uma criptomoeda que tem um plano futuro muito bem elaborado, mas que não envolve diretamente a criptomoeda em si. As vezes, projetos são criados e os tokens são emitidos apenas para angariar fundos, ou seja, a criptomoeda não faz parte da ideia como um todo, ela existe apenas para os usuários investirem no projeto.

Quanto você acredita que a Ripple irá valer no futuro? Deixe sua opinião nos comentários abaixo.

Siga-nos nas redes sociais
Canal no Telegram Siga-nos no Facebook Acompanhe nosso Twitter Siga-nos no Instaram
Artigo anterior

Pesquisa por "Bitcoin" no Google tem pior resultado desde Outubro

Próximo artigo

Exchange Japonesa reembolsa US$ 440 milhões a clientes vítimas de hacker

Nenhum Comentário

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.