Bilionário quer comprar 25% de toda a Bitcoin atualmente disponível

Bilionário quer comprar 25% de toda a Bitcoin atualmente disponível

Um bilionário está disposto a comprar até 25 por cento da atual oferta circulante da Bitcoin e encarregou uma empresa de corretagem, a Dadiani Syndicate, de tornar a compra possível. Eleesa Dadiani da Dadiani Syndicate também revelou que várias pessoas estão interessadas em comprar Bitcoin em grandes quantidades através da empresa, de acordo com o relatório da Forbes de 30 de maio de 2019.

De acordo com o relatório, alguém acredita que pode pagar 25 por cento da oferta circulante da Bitcoin e, como tal, está disposta a fazer isso por conta própria. Com 25%, isso significaria 4,4 milhões de Bitcoins de cerca de 17 milhões atualmente em circulação. O potencial comprador, portanto, instruiu o Dadiani Syndicate a vasculhar o mercado para obter as moedas.

A Dadiani Syndicate, a empresa corretora em questão, foi criada para ajudar as pessoas a liquidar seus ativos digitais à riqueza real por meio do uso de métodos de concessão de arte. No entanto, as pessoas estão mais interessadas em acumular Bitcoin em uma tentativa de controlar uma fatia maior do mercado.

Bilionário quer comprar 25% de toda a Bitcoin atualmente disponível
Bilionário quer comprar 25% de toda a Bitcoin atualmente disponível.

Clientes desejam dominar o mercado de Bitcoins

De acordo com Eleesa Dadiani, vários clientes desejam dominar o mercado e geralmente pedem ajuda para comprar enormes quantidades de Bitcoin. Ela também deu a entender que eles estão muito interessados ​​em Bitcoin, em vez de Ethereum ou em qualquer outra grande criptomoeda, o que representa algum nível de dificuldade em adquirir a moeda virtual em massa quando comparada a outros ativos.

Com base nisso, também pode ser difícil ou impossível colocar as mãos em 25% da oferta de circulação, especialmente quando 10,5 milhões de Bitcoins de 17 milhões não se moveram em um ano. Se fosse possível, isso significaria que o espaço criptográfico controlaria apenas cerca de 2 milhões, enquanto o bilionário reclamaria cerca de 4 milhões. A próxima coisa que alguém pode imaginar é o que poderia acontecer se eles acordassem uma manhã e decidissem que não queriam mais seu Bitcoin. Não é um pensamento bonito.

Indivíduos ricos, investidores institucionais, etc, estão gradualmente mergulhando seus pés no espaço das criptomoedas. Empresas como Bakkt e Fidelity Investments estão tentando criar produtos que atraiam indivíduos ricos para o negócio.

Traduzido e adaptado de: zycrypto.com

Deixe um comentário