Bitcoin “não é para mim”, diz CEO da Goldman Sachs que deixará cargo

Para Lloyd Blankfein, bitcoin não é coisa dele.

O Presidente e CEO da Goldman Sachs disse em uma entrevista na terça-feira que “não é para mim” quando perguntado sobre a maior criptomoeda do mundo por capitalização de mercado. Aparecendo no Clube Econômico de Nova York, ele observou:

“Eu não faço isso. Eu não possuo bitcoin.”

Blankfein atingiu um tom meio-termo nas criptomoedas no passado, o que é notável, considerando que sua empresa está seguindo as águas dos serviços construídos em torno da tecnologia.

Acredita-se que o gigante dos bancos de investimento tenha desenvolvido planos para uma operação de futuros de bitcoin, de acordo com o New York Times, com o objetivo de aumentar essa capacidade, dependendo dos resultados e aprovação dos reguladores.Em uma entrevista anterior com a Bloomberg em novembro, Blankfein disse que tem um “nível de desconforto” com o bitcoin, mas está aberto a isso.

“Eu aprendi ao longo dos anos que há muitas coisas que fazem exercícios que eu não amo”, disse ele na época. “Talvez no novo mundo, algo seja apoiado por consenso … Se nós formos para o futuro e os bitcoins forem bem sucedidos, eu seria capaz de explicar como é uma evolução natural do dinheiro.”

O Wall Street Journal informou em março que Blankfein está se preparando para sair da empresa, uma mudança que pode ocorrer no final deste ano.

Compartilhe este post

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Binance suspende saques de Bitcoin
Criptomoedas

Binance suspende saques de Bitcoin

Changpeng “CZ” Zhao, CEO da exchange de criptomoedas Binance, twittou que haveria uma pausa temporária nos saques de Bitcoin (BTC). Temporary pause of $BTC withdrawals

Leia Mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.