China testará o Yuan Digital em plataforma com 435 milhões de usuários

China testará o Yuan Digital em plataforma com 435 milhões de usuários

Aparentemente, está nos planos do Banco Popular da China (PBoC), adicionar à sua lista de plataformas que testarão os casos de uso do Yuan digital no mundo real, o gigante da entrega de alimentos apoiado pela Tencent, Meituan Dianping.

A plataforma de entrega de alimentos Meituan Dianping possui sede em Pequim. E atualmente, possui mais de 435 milhões de usuários ativos e bilhões de dólares em transações diárias. Isso cria uma enorme oportunidade para a adoção em massa do Yuan digital, também conhecido como Pagamento Eletrônico de Moeda Digital ou DCEP.

A Bloomberg comunicou que fontes desconhecidas disseram que o Meituan estava conversando com o braço de pesquisa do banco central da China, o Digital Currency Research Institute. Supostamente, o assunto em questão seria sobre os casos de uso da sua moeda digital do banco central (CBDC). Entretanto, ambas as partes ainda precisam especificar os detalhes de sua parceria.

Bilibili, a plataforma de streaming de vídeo apoiada pela Tencent, também está atualmente em discussões com o PBoC para testar o Yuan digital. Recentemente, uma das maiores aplicações de carona DiDi também se juntou ao projeto.

China progride rapidamente

Foi esclarecido pelo PBoC, que ainda não há uma data de lançamento específica para o Yuan digital. No entanto, o banco central e sua ala de pesquisa têm aumentado seus esforços para explorar os casos de uso do CBDC no mundo real.

Então, em abril, houve rumores sobre o lançamento de um aplicativo de carteira em quatro cidades chinesas – Shenzhen, Chengdu, Suzhou e Xiongan – para os testes iniciais da moeda digital.

Durante a pandemia, o progresso da China em testar e lançar sua moeda digital só ganhou mais velocidade. Wang Zhongmin, o ex-vice-presidente do Conselho Nacional para o Fundo de Seguridade Social do PBoC, anunciou em junho, que a China havia concluído o desenvolvimento de back-end do seu CBDC. Além disso, em março deste ano, o governo também passou a redigir leis para o mesmo.

Veja mais: Criptomoedas | Notícias

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário