Coinbase agora detém 25% e 5% de todo LTC e BTC do mercado

A exchange norte-americana Coinbase agora detém 25% e 5% de todo Litcoin e Bitcoin em circulação no mercado respectivamente.

De acordo com um post recente, a Coinbase atualmente detém pelo menos 5% de toda a Bitcoin ( BTC ), 8% de toda a Ethereum ( ETH ) e 25% de toda a Litecoin ( LTC ) em circulação. A transferência de US $ 5 bilhões levou cerca de quatro meses para ser planejada, disse Phillip Martin, chefe de segurança da Coinbase, enquanto a empresa está implementando uma arquitetura fundamentalmente nova.

“Reguladores e auditores estavam envolvidos em todas as etapas… uma das maiores preocupações era que não movêssemos o mercado com este evento, e é por isso que nos esforçamos tanto para nos coordenar com os reguladores e gerenciar a especulação da mídia em torno do mercado.”, disse Martin CoinDesk.

Coinbase agora detém 25%
Coinbase agora detém 25% e 5% de todos os LTC e BTC do mercado respectivamente

O processo de migração envolveu uma série de etapas, começando com a geração de novas chaves, onde a equipe da Coinbase viajou para um local seguro e usou novos computadores para imprimir as chaves em vários formatos diferentes, incluindo códigos QR.

A partir daí, a Coinbase aplicou uma técnica chamada Shamir’s Secret Sharing, em que as chaves são separadas e combinadas com outras partes para permitir o compartilhamento secreto. Estes são então colocados em pastas, agora no valor de bilhões de dólares, que são divididos em vários locais seguros. Esses fichários exigem que vários funcionários da Coinbase trabalhem juntos por telefone para desbloquear e acessar a criptomoeda armazenada.

Embora esse método pareça extenso e possa ser substituído em parte por carteiras com várias assinaturas, a Coinbase observa que nem todos os seus ativos suportam vários códigos, forçando-os a aproveitar a estratégia mencionada anteriormente.

Recentemente a Coinbase passou a permitir que seus usuários convertessem de forma simples e rápida todos os seus ativos em Bitcoin. Leia mais aqui.

Fonte: Sludgefeed


Deixe um comentário