CoinDCX levanta US$14 milhões em sua terceira rodada de 2020

CoinDCX levanta US$14 milhões em sua terceira rodada de 2020

CoinDCX, uma exchange de criptomoedas com sede na Índia, continua a expandir agressivamente seus negócios com uma grande arrecadação de fundos.

De acordo com um comunicado, a CoinDCX arrecadou $13,9 milhões de investidores da indústria como Coinbase e Polychain em sua rodada de financiamento da Série B. Liderado pela grande empresa de software blockchain Block.one, o novo aumento também incluiu a empresa de investimento de Singapura Temasek, Jump Capital, Uncorrelated Ventures, Mehta Ventures e Alex Pack.

Esta foi a terceira rodada de financiamento da CoinDCX em 2020, elevando o total arrecadado pela empresa para US$19,4 milhões. Em março de 2020, a exchange levantou $3 milhões em uma rodada da Série A de empresas como Polychain e BitMEX. A exchange posteriormente garantiu US$2,5 milhões em financiamento adicional da Série A de investidores como Coinbase e Bain Capital em maio.

A CoinDCX planeja usar os fundos recentemente arrecadados para continuar impulsionando a adoção das criptomoedas na Índia com produtos como um aplicativo de investimento em criptomoedas, chamado CoinDCX Go. O aplicativo foi lançado em beta público como parte do programa chamado “Try Crypto” da CoinDCX, que visa a integrar 50 milhões de indianos em seus serviços de criptomoedas.

A CoinDCX registrou um crescimento de 20% nos volumes de negociação e um aumento de 12% em novos clientes nos últimos dois trimestres. A exchange também viu um crescimento mensal de 21% no volume negociado em outubro de 2020.

Sumit Gupta, CEO e cofundador da CoinDCX, disse que a exchange triplicou sua equipe de 30 funcionários em março de 2020 para 90 funcionários em dezembro. Gupta disse:

“Este foi o ano mais emocionante para a CoinDCX. Enquanto a pandemia obrigava todos a ficarem fechados, nós crescemos exponencialmente e continuamos a crescer.”

O crescimento sólido da CoinDCX em 2020 demonstra ainda mais que a adoção de criptomoedas está aumentando na Índia depois que a Suprema Corte do país derrubou a proibição do Reserve Bank of India de bancos fornecerem serviços para empresas de criptomoedas. De acordo com uma pesquisa da exchange, a maioria dos investidores indianos não vê uma “maneira fácil” de acessar a exposição a ativos criptográficos.

Veja mais em: Criptomoedas | Notícias

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *