“Mãos de ouro” de Nelson Mandela são vendidas a exchange canadese

Nelson Mandela foi um ativista e presidente da África do sul, considerado como o mais importante líder da África Negra, vencedor do Prêmio Nobel da Paz de 1993. Conhecido mundialmente pela a luta pela liberdade, justiça e democracia. Morreu em 2013 aos 95 anos.

Sua história foi reconhecida por várias organizações mundiais, que o condecoraram com diversos prêmios. Muitos ao redor do mundo gostariam de o ter conhecido em vida, contudo, alguns podem ao menos ter um molde de suas mãos em ouro.

A exchange Arbitrage da região de Ontário no Canadá está comprando o que se acredita ser o último conjunto remanescente de artefatos de ouro composto sob medida do molde das mãos de Mandela por US$ 10 milhões em bitcoin.

O conjunto, que pesa 9kg de 99,999 ouro puro, é composto por um trio de “impressões em tamanho real” das mãos de Nelson Mandela. Malcolm Duncan, um empreendedor canadense que conhecia Mandela, é o vendedor e supostamente pagou 3,6 milhões de Rand Sul-Africano pelo set para a Harmony Gold Mining, que lançou os itens em 2002.

Mãos de Ouro do Nelson Mandela Tour

Para entender por que a exchange iria querer as mãos de ouro, ajuda saber um pouco mais sobre a plataforma de negociação. Eles estão desenvolvendo uma operação de mineração de criptomoeda para sua própria moeda, bem como suporte a negociação de outras moedas criptos. Sua moeda Dignity (DIG) será apoiada por ouro.

As mãos de ouro ainda não foram pagas na íntegra, já que a bolsa forneceu um depósito de US$ 50 mil em bitcoins, que já foi convertido em moeda fiduciária, segundo informações. O comprador e o vendedor concordaram com um cronograma no qual a bolsa fará pagamentos trimestrais de US$ 2 milhões por peça. Mas a exchange não recebe os itens físicos até que o dinheiro físico convertido de bitcoin seja depositado na conta do vendedor.

“é um milhão e meio de cada vez, eles pegam uma mão de cada vez”, segundo Duncan.

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário