A companhia aérea de baixo custo, Air-Asia, do Sudeste Asiático, quer lançar uma oferta inicial de moedas (ICO) para “tirar custos” de seu modelo de negócios.

O CEO da companhia, Tony Fernandes, falou na conferência Money 20/20 e confirmou que a operadora estava “construindo uma plataforma de pagamentos” para se unir com o esquema de recompensas da empresa, chamado de “Grande Lealdade”.

Segundo Fernandes, a empresa possui duas características que podem ser aprimoradas com o uso das ICOs. Uma é os pontos do seu cartão fidelidade, onde os clientes podem ganhar tokens no lugar dos pontos. A outra característica seria o novo sistema de pagamento, onde os clientes poderiam reutilizar seus tokens para adquirir outros produtos.

A Air-Asia é a segunda maior empresa que anuncia ter planos com ICO nos últimos quatro meses. A primeira foi o Telegram, que também está planejando lançar sua própria ICO.
Apesar de o regulamento das ICOs estar sujeito a uma crescente análise dos governos de todo o mundo, Fernandes continua confiante de que ele pode navegar no clima atual e futuro.

“Estamos na indústria mais regulamentada do mundo, então sabemos como lidar com reguladores e regulamentos”, disse ele.

Na Malásia, onde a AirAsia está listada, foram introduzidos novos regulamentos para criptomoedas em fevereiro, enquanto o governo observa atentamente os esquemas de ICO sob sua jurisdição.

Deixe um comentário