Criptomoeda baseada em Hyperledger explode 486%

Criptomoeda baseada em Hyperledger explode 486%

Um altcoin pouco conhecido, Metacoin (MTC), baseada em Hyperledger, teve ganhos de 486% em apenas 24 horas, após a Bittrex anunciar que listaria a moeda contra o Bitcoin (BTC).

O Metacoin é desenvolvido na rede Hyperledger, um projeto abrangente de tecnologias de código aberto focado na construção de ecossistemas de blockchain permitidos para grandes empresas de vários setores. Metacoin se tornou a primeira criptomoeda do Hyperledger a alcançar o status de mainnet quando foi ao ar em 2018.

O Hyperledger foi fundado pela Linux Foundation e é supervisionado por uma série de “membros premium”, incluindo empresas líderes de tecnologia e finanças, como IBM, J.P. Morgan, Fujitsu, Hitachi e mais.

Em 15 de janeiro, a exchange de criptomoedas Bittrex Global, anunciou que havia aberto sua carteira Metacoin para depósitos da MTC, e que a negociação contra Bitcoin logo se iniciaria.

Pouco mais de 48 horas após o anúncio ter sido feito, o valor de cada moeda MTC havia mais que quintuplicado. De um preço inicial de $0,026540 na noite de domingo, o valor em dólares da moeda aumentou mais de cinco vezes, atingindo um breve pico de $0,155600 na tarde de segunda-feira – um aumento de 486%.

O volume de negociação da Metacoin atingiu um máximo histórico de $482.000 no dia, tudo proveniente de um único par de negociação BTC na bolsa Liquid. Isso excede apenas o volume de $444.000 registrado em agosto de 2020, durante as duas primeiras semanas da moeda no mercado aberto.

Notavelmente, apesar do aumento na sequência do anúncio da Bittrex Global, nenhum dado de negociação para Metacoin existe ainda no site, e o par BTC/MTC ainda foi sinalizado como estando “offline”.

Tomando o kit de ferramentas modular para toda a indústria do Hyperledger como ponto de partida, o Metacoin atua como uma plataforma de blockchain multifuncional onde tokens para negócios e comércio podem ser emitidos on-chain. A plataforma também hospeda uma série de DApps, incluindo ColdBank, um serviço de custódia de criptomoeda que utiliza a tecnologia LinuxONE da IBM, bem como aplicativos de jogos blockchain.

Veja mais em: Blockchain | Criptomoedas | Notícias

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *