CryptoPunks clonados estão de volta ao mercado OpenSea

CryptoPunks clonados estão de volta ao mercado OpenSea

Mercado de tokens não fungíveis (NFT), a OpenSea está mais uma vez listando a clonagem baseada em polígonos dos CryptoPunks após uma contra-notificação bem-sucedida da Lei de Direitos Autorais do Milênio Digital.

Em um comunicado no Twitter, o projeto PolygonPunks disse que seus itens colecionáveis ​​NFT estavam de volta ao OpenSea após responder a um aviso de remoção DMCA do Larva Labs, o criador do CryptoPunks. Os punks foram expulsos do OpenSea em agosto, depois de se tornarem uma das coleções mais populares do mercado.

As leis de direitos autorais e propriedade intelectual são uma espécie de área cinzenta no espaço criptográfico. A Larva Labs supostamente obteve um aviso de remoção DMCA para os CryptoPunks baseados em Polygon, que foi capaz de arquivar ao alegar que seus direitos sobre o material na Internet foram infringidos de acordo com a lei de direitos autorais dos Estados Unidos.

De acordo com o DMCA, PolygonPunks teria que alegar que seu material “foi removido ou desativado por engano ou identificação incorreta”. Isso agora aparentemente deixa o Larva Labs sem outra saída para remover os punks sem uma ordem judicial.

Dados do DappRadar mostram que o CryptoPunks é o terceiro projeto NFT mais popular em volume de negociação, com cerca de US$10 milhões em tokens negociando nas últimas 24 horas. OpenSea agora lista 10.000 PolygonPunks e vendeu $26.491 desde que o projeto voltou ao mercado há 22 horas. Além disso, os SolPunks baseados em Solana ainda estão sendo negociados no mercado Solanart.

Veja mais em: Notícias

Compartilhe este post

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.