Daqui há dez anos não teremos mais Blockchains

De acordo com Will Murphy, vice-presidente da empresa Talla.com, daqui há 10 anos a tecnologia Blockchain passará por tamanha melhoria, que chamar o sistema como tal, não será mais algo viável.

Mas o que o termo “blockchain” significa? Para entender seu significado é necessário dividi-lo nos dois termos do componente: “Block” – várias transações agrupadas, e “Chain” – blocos conectados criptograficamente de forma linear.

Adeus blocks

Num futuro próximo, a parte do “block” não será mais necessária. Em seu lugar haverá um sistema no qual as transações serão vinculadas entre si e assim, poderão confirmar as transações anteriores. Dessa forma, para que a próxima transação seja enviada, é necessário validar outras pessoas na fila. Para obter o que deseja, você deve fazer algum trabalho em conjunto.

Por que fazê-lo desta forma? Os tempos de transação neste modelo seriam mais rápidos do que, por exemplo, os tempos de transação do bitcoin hoje. O minerador é tecnicamente removido e cada transação valida transações passadas. Os tempos de transação podem realmente diminuir à medida que mais pessoas usarem o sistema. 

Além disso, é possível que, no futuro, o sistema não será uma única série direcional de blocos, ele vai se parecer mais com um gráfico. Talvez possamos ter um conjunto não linear de ramos que vão em várias direções diferentes, nas quais muitas transações paralelas estarão acontecendo. Então, talvez, o sistema poderá de chamado de “gráfico de transação”, ou apenas “o gráfico”,  da mesma forma que falamos de “nuvem” hoje. Assim, todos guardarão as informações e transações neste gráfico.

Deixe um comentário