Vitalik Buterin diz que precisamos conversar sobre a segurança da carteira

O Ethereum 2.0 está chegando – na verdade, a Fase 0 já está aqui – potencialmente trazendo muitos novos usuários e casos de uso. Mas vai ser tudo em vão se não resolvermos um problema profundamente nada sexy: a segurança da carteira.

O co-fundador da Ethereum , Vitalik Buterin, disse na Conferência Latino-americana de Bitcoin hoje que as carteiras de fato ainda são muito difíceis de usar, tornando-as um tanto inseguras para usuários não técnicos, pode ser problemático quando a adoção em massa da criptomoeda realmente acontecer. Pior, pode até levar as pessoas a “gravitarem em direção a soluções centralizadas”.

Quando questionado sobre quais problemas não foi dado o foco suficiente na indústria, Buterin respondeu: “O lado da segurança – a segurança da carteira. Ainda é muito mais fácil do que deveria perder US$ 200.000 se sua carteira quebrar. Eu tenho uma teoria de que não falamos sobre o problema o suficiente porque ninguém está disposto a admitir que perdeu US$ 200.000 porque se você admite que perdeu US$ 200.000, você parece um idiota.

“Ninguém fala sobre isso, então as pessoas pensam que o problema é pequeno quando há muitos casos em todos os lugares.”

Ele acrescentou: “Acho que a realidade é que mesmo se você for um supergênio ou capaz de ser realmente cuidadoso, a realidade é um sistema que exige que você se esforce menos para não perder suas coisas é um sistema melhor.”

Passando do tópico sobre o qual a maioria das pessoas não está falando, para o evento que tanto agita, Buterin disse que o Ethereum 2.0 (Eth 2) estava ajudando a resolver problemas em relação à privacidade e escalabilidade. Eth2 é uma atualização da rede Ethereum destinada a aumentar a capacidade de transação do blockchain e reduzir os custos de transação.

A rede da Ethereum foi levada ao seu limite este ano quando os aplicativos de finanças descentralizadas (DeFi) – que são quase todos construídos no Ethereum – se tornaram extremamente populares. A atualização Eth2 permitirá que a rede funcione com facilidade, uma vez que gradualmente atrai mais usuários.

Buterin disse que a Eth2 “abre uma grande quantidade de possibilidades” e que a rede poderia “teoricamente lidar com 3.000 transações por segundo” – quando tantas pessoas estão realmente usando a rede.

Ethereum 2.0 ainda não funcionará por enquanto: espero que isso dê aos desenvolvedores tempo suficiente para descobrir as coisas. Como Buterin disse, “mais atenção em minimizar riscos e maximizar oportunidades” deve vir primeiro.

Traduzido e adaptado de: decrypt.co

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *