GPUs AMD e NVidia ainda estão 15% mais caras segundo relatório

Com a queda do preço das criptomoedas, os valores das GPU também caíram, já que a escassez fez com que os preços subissem. No entanto, apesar do estado da mineração e da queda dos preços das GPUs, a maioria das placas da Nvidia e da AMD ainda estão superfaturadas em relação ao MSRP(Preço Sugerido pelo Fabricante).

Recentemente, a Techspot fez uma comparação entre os preços das GPUs da Nvidia e da AMD antes e depois da queda da mineração por criptomoeda.

De acordo com a análise, a maioria das GPUs Nvidia e AMD ainda estão sendo vendidas a um preço mais alto em comparação com o MSRP.

A maioria das GPUs teve uma queda de 9% em seu preço e, apesar disso, os preços das GPUs da Nvidia e da AMD ainda estão acima do MSRP.

De acordo com o relatório, as placas top de linha da Nvidia estão próximas dos seus preços MSRP, enquanto as GPUs Nvidia de entrada e intermediárias ainda estão muito acima dos seus preços sugeridos.

Quanto às GPUs da AMD, a linha ainda está 15% acima de seu MSRP e o relatório sugere que, assim como os preços das GPUs de entrada e intermediárias da Nvidia, as GPUs de médio e de baixo custo da AMD, também não estão caindo de preço.

Segundo a Análise, a razão pela qual os preços das GPUs  top de linha estarem acima do MSRP é o custo mais alto da GDDR5 e da HBM2 em comparação com os preços no lançamento.

Com os preços da GPU ainda altos, as vendas podem ser baixas, no entanto, isso representará um problema para os consumidores, já que atualmente uma grande parte das GPUs atuais ainda está no mercado e a AMD e a Nvidia não lançarão suas GPUs de próxima geração antes que limpem o estoque.

Compartilhe este post

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.