Huobi quer enviar alguém para o espaço em seu 8º aniversário

Huobi quer enviar alguém para o espaço em seu 8º aniversário

O Huobi Group, uma grande empresa global de blockchain por trás da terceira maior exchange de criptomoedas do mundo em volume de negócios, está comemorando seu oitavo aniversário de uma forma um tanto incomum.

A empresa realizará uma série de eventos como parte das comemorações do oitavo aniversário, incluindo promoções de brindes e uma passagem para uma viagem espacial.

Huobi realizará um concurso que oferecerá a um feliz vencedor a experiência de literalmente viajar para o espaço. Todos os usuários da Huobi Global em todo o mundo estão qualificados para participar de um concurso gratuito, mas existem certas limitações. Jeff Mei, diretor de estratégia global do Huobi Group, disse:

“Ainda há requisitos de saúde que precisam ser aprovados para ir ao espaço, mas esses detalhes serão revelados posteriormente.”

A empresa se recusou a revelar que agência espacial fornecerá esta viagem espacial para Huobi, ou se ela acontecerá por meio de uma empresa privada como a Blue Origin de Jeff Bezos ou a SpaceX de Elon Musk. Mei acrescentou:

“A mensagem que estamos tentando enviar com este concurso é que o conceito de espaço está aberto a todos, e isso reflete a abertura das criptomoedas e da plataforma da Huobi.”

Continuando até o final de novembro, as celebrações do aniversário de Huobi também incluirão o fórum online anual da empresa, o Huobi Summit 2021: Blockchain and Beyond. O evento acontecerá com painéis de discussão com especialistas do setor e funcionários do governo.

A lista de palestrantes incluirá Alan Greenspan, ex-presidente do Federal Reserve dos Estados Unidos. Greenspan discutirá a inflação global, já que muitos investidores se voltaram para criptomoedas em busca de rendimentos mais elevados.

Greenspan é conhecido como um dos principais defensores do Bitcoin (BTC), comparando o Bitcoin com a forma inicial de dinheiro nos EUA chamada de “moeda continental“. Ele também criticou a ideia da moeda digital do banco central em 2019.

O cofundador do Huobi Group, Du Jun, observou que a empresa continuará a expandir sua presença global para introduzir produtos inovadores e serviços localizados, começando com os mercados na Turquia e no Brasil. Para reforçar sua expansão global, a Huobi espera aumentar seu quadro de funcionários global de 2.300 funcionários para 3.000 até o final de 2021.

Huobi foi recentemente forçado a deixar a China depois que o governo chinês impôs outra proibição para criptomoedas no final de setembro. Em meados de outubro, os negócios da Huobi operavam fora da China e atingiam cerca de 70% em termos de volume de negócios e receitas.

Veja mais em: Criptomoedas | Notícias

Compartilhe este post

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.