Listagens da Coinbase superam as exchanges rivais

Listagens da Coinbase superam as exchanges rivais

O provedor de análise de criptomoedas, Messari, compilou um relatório concluindo que o lendário “efeito Coinbase” – a crença popular de que novas listagens de tokens no Coinbase tendem a superar os lançamentos em outras exchanges – é verdade.

Mas o efeito está longe de ser consistente e, depois de controlar os valores discrepantes, não é tão grande quanto muitos supõem.

Messari analisou o desempenho de 28 novas listagens da Coinbase em cinco dias contra 22 listagens Binance, 19 listagens FTX, 19 listagens Gemini, 14 listagens OKEx e 11 listagens Kraken durante a mesma duração.

Embora a pesquisa tenha descoberto que as listagens no Coinbase tiveram o maior retorno médio de 91%, o efeito estava longe de ser consistente. Os 28 tokens tiveram desempenho em qualquer lugar de uma perda de 32% a um ganho de 645% após cinco dias. Por outro lado, os novos tokens em outras exchanges variaram de uma perda de aproximadamente 25% a um ganho de 60% com o próximo melhor ganho médio geral em torno de 20%.

No entanto, os pesquisadores observam que fatores externos geraram retornos extremos para vários tokens logo após eles serem listados no Coinbase, com Distict0x aumentando em 645% e Civic ganhando 493%.

Ao “controlar para outliers”, Messari ainda descobriu que as novas listagens da Coinbase superaram outras exchanges, com retornos variando entre 0% e 66% para uma média de 29% no geral.

Nos dados ajustados, OKEx ficou em segundo lugar em média com tokens ganhando quase 20%, seguido por Kraken com 15%, FTX, com 12%, Binance com cerca de 0% e Gemini com uma pequena perda.

O efeito Coinbase pode ter a ver com a popularidade da exchange e o nome da marca forte ou ser um subproduto das regulamentações criptográficas dos EUA que impedem muitas exchanges e emissores de oferecer serviços aos residentes dos Estados Unidos, limitando a capacidade de investidores de varejo de acessar muitos altcoins.

Messari descreve a Coinbase como “o maior avanço de varejo para as criptomoedas”, sugerindo que o forte desempenho médio de tokens recém-listados na exchange pode ser atribuído a investidores de varejo dos EUA correndo para ganhar exposição a mercados anteriormente inacessíveis.

“A listagem da Coinbase tem o potencial de ter um impacto positivo nos retornos de ativos, mas não afeta todos os tokens da mesma forma.”

Veja mais em: Criptomoedas | Notícias

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *