MicroStrategy comprará mais BTC apesar da perda no segundo trimestre

MicroStrategy comprará mais BTC apesar da perda no segundo trimestre

MicroStrategy, empresa de inteligência de negócios e software móvel, se comprometeu a comprar mais Bitcoin, apesar de relatar perdas por redução ao valor recuperável de $424,8 milhões no segundo trimestre.

No entanto, esta é apenas uma perda no papel, com base no preço do Bitcoin no final do trimestre e não reflete uma perda realizada. Dependendo de como você soma os números, a MicroStrategy parece ter feito quase um bilhão de dólares a mais com Bitcoin do que gastou.

Junto com a crença fervorosa do CEO Michael Saylor no Bitcoin, pode ser por isso que decidiu adicionar mais Bitcoin às suas reservas daqui para frente. O relatório declarou:

“Continuamos satisfeitos com os resultados da implementação de nossa estratégia de ativos digitais. Nosso último aumento de capital nos permitiu expandir nossas participações digitais, que agora ultrapassam 105.000 bitcoins. No futuro, pretendemos continuar a implantar capital adicional em nossa estratégia de ativos digitais.”

O relatório do segundo trimestre foi anunciado hoje cedo. Em 30 de junho de 2021, a MicroStrategy detinha aproximadamente 105.085 BTC com um valor contábil de $2,051 bilhões, com uma perda por redução ao valor recuperável de $689,6 milhões desde a aquisição. O valor médio contábil por Bitcoin foi estimado em $19.518.

No início desta semana, a Tesla de Elon Musk também publicou um relatório do segundo trimestre, que mostrou uma perda por redução ao valor recuperável de US$23 milhões em suas participações em Bitcoin.

Como ambas as empresas categorizam o Bitcoin como um “ativo intangível”, as regras contábeis exigem que elas relatem uma perda por redução ao valor recuperável quando o preço do ativo cair abaixo de sua base de custo. No entanto, eles não são obrigados a relatar a valorização do preço no ativo especificado até que a posição seja realizada por meio de uma venda.

Os números dos ativos digitais foram calculados usando os Princípios de contabilidade geralmente aceitos (GAAP) – uma coleção de regras de contabilidade comumente aceitas usadas para relatórios financeiros. A empresa também forneceu cálculos não-GAAP, que neste relatório excluem o “impacto da despesa de compensação baseada em ações e perdas por redução ao valor recuperável e ganhos na venda de ativos intangíveis”.

Os números não-GAAP pintam um quadro diferente para os ativos digitais da MicroStrategy, com a base de custo do BTC em $2,741 bilhões, mas seu valor de mercado é de $3,653 bilhões, o que reflete um custo médio por BTC de $26.080 e um preço de mercado de $34.763.

A receita total para o segundo trimestre totalizou $125,4 milhões, o que foi um aumento de 13,4% em comparação com o segundo trimestre de 2020. O lucro bruto da Microstrategy equivaleu a $102,3 milhões e representou uma margem bruta de 81,6%, que foi um pequeno aumento de 4,2% em comparação com o ano anterior. No geral, a MicroStrategy relatou um prejuízo no segundo trimestre de $299,3 milhões, em comparação com um lucro de $3 milhões no mesmo trimestre do ano passado.

Saylor e MicroStrategy parecem estar all-in com Bitcoin neste estágio, e ambas continuaram a acumular o ativo, apesar da desaceleração que começou em maio, já que a estratégia é manter o ativo no longo prazo. O CEO notou recentemente, no entanto, que se o preço do Bitcoin for menor do que o atual daqui a quatro anos, ele reconsiderará sua estratégia.

Veja mais em: Criptomoedas | Notícias

Compartilhe este post

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Binance suspende saques de Bitcoin
Criptomoedas

Binance suspende saques de Bitcoin

Changpeng “CZ” Zhao, CEO da exchange de criptomoedas Binance, twittou que haveria uma pausa temporária nos saques de Bitcoin (BTC). Temporary pause of $BTC withdrawals

Leia Mais »

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.