O problema do Bitcoin Mixing

Bitcoin mixing

As tecnologias empregadas no Bitcoin estão sempre evoluindo, e a mais recente é o chamado Bitcoin Mixing. Porém, esse tipo de operação não agrada nem um pouco as exchanges e os governos, pois realiza a mistura de criptomoedas dificultando processos regulatórios.

Essa atitude e suas implicações acarretaram em exchanges que não aceitam o processo de mistura. Dessa forma, se suas moedas passaram por algum processo de “Bitcoin Mixing”, há uma grande chance de não poderem ser guardadas em algumas exchanges.

Em resumo, a mistura de Bitcoin torna a operação de transação financeira ainda mais privada do que já é. O processo é bastante simples: ocorre o mixing de várias moedas, e no fim do processo há a distribuição de Bitcoin para os participantes.

Ao realizar esse procedimento, o Bitcoin que é distribuído não possui rastro algum. Assim, após o Bitcoin Mixing, fica quase impossível realizar uma análise de eventos antes do procedimento.

O problema para as exchanges

O Bitcoin e demais criptomoedas não possuem boa reputação entre órgãos reguladores, e por isso as exchanges estão sempre na mira dos governos. Dessa forma, saber a procedência da moeda que chega até a empresa é vital para não tomar nenhuma penalidade. Isso faz com que se tornem hostis a essa prática de mistura de Bitcoins.

Recentemente vimos o caso de Larry Harmon, um desenvolvedor de software que foi preso como suspeito de lavagem de dinheiro. Harmon trabalhava na deep web no site Alpha Bay. Além disso, estruturou e desenvolveu uma ferramenta para Bitcoin Mixing chamada Helix.

Para os promotores de justiça, o Helix nada mais é do que um grande aparato para lavagem de dinheiro. Toda a operação foi realizada pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos, também conhecido como DoJ.

O caso de Harmon não só apontou o uso ilegal das criptos, como também as atividades prestadas pelo DoJ. Ficou muito claro que as autoridades dos EUA estão ocupando seu tempo monitorando o que está acontecendo no criptomercado. Além disso, é bem provável que acabem por pedir para exchanges monitorarem as misturas de criptomoedas.

Por que usar sistema de Bitcoin Mixing?

Até o momento apontamos que o Bitcoin Mixing tem finalidades ilícitas. Porém, essa não é a única utilidade desta operação. Na verdade, existem motivos lícitos para se usar ferramentas de mistura de criptomoedas.

Um desses casos, por exemplo, é quando o indivíduo recebeu pagamento em Bitcoin e, antes de guardar em uma carteira fria, acaba por mixar suas moedas virtuais.

Sem essa etapa, é possível para outro usuário seguir os rastros da criptomoeda até chegar em sua carteira offline. Além disso, ele poderá ver quantas moedas você tem guardadas lá. Isso pode significar um perigo para sua vida ou de seus entes queridos, dependendo do valor estocado.

A ideia da mixagem veio justamente para garantir a privacidade dos usuários, e a questão de lavagem de dinheiro foi apenas um efeito colateral. Saber o quanto de patrimônio um indivíduo carrega pode acabar tornando-o alvo de golpistas, ladrões ou até de organizações criminosas de grande porte.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário