Início»Blockchain»O Blockchain pode ajudar a construir um novo tipo de matriz energética

O Blockchain pode ajudar a construir um novo tipo de matriz energética

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Com o uso do sistema Blockchain, a tecnologia por trás do Bitcoin, os participantes da Brooklyn Microgrid estão construindo um novo tipo de matriz de energia, ele compram e vendem a energia renovável gerada localmente em uma rede. É como se os painéis solares da sua casa produzissem mais energia que o necessário e você pudesse vender o que sobra para seu vizinho.

Anúncio

Dessa forma, uma empresa chamada LO3 Energy desenvolveu um sistema que permite às pessoas comprar e vender a energia solar gerada localmente dentro de suas comunidades. O sistema usa a tecnologia de blockchain para facilitar e registrar as transações.

Segundo o fundador da LO3, Lawrence Orsini, a distribuição de energia dessa maneira é mais eficiente do que a transmissão de energia através de longas distâncias. Isso tornaria os bairros mais resistentes a quedas de energia, além de ajudar a atender a demanda quando as necessidades de energia excederem as expectativas. Além disso, o projeto também está de acordo com o crescente apoio público por mais energia renovável, sistemas de energia distribuídos e descentralizados, além de programas de compra local de energia.

Em uma conferência no MIT Media Lab, Orsini disse que 69% dos consumidores disseram à consultoria de tecnologia Accenture que eles estavam interessados ​​em ter um mercado de comércio de energia e 47% disseram que planejavam assinar para projetos solares da comunidade. 

Leia Também:  O FBI e a SEC estão de olho em criptomoedas de maneiras diferentes

A LO3 Energy lançou seu sistema de transações de energia de rede, que ficou conhecida como Brooklyn Microgrid, há aproximadamente um ano. A rede de utilidade em miniatura liga as pessoas que têm painéis solares em seus telhados, em várias partes do Brooklyn, com vizinhos que querem comprar energia renovável gerada localmente. Como outras pequenas redes, ela opera ao lado, mas separada da rede elétrica tradicional.

Para Orsini, foi por conta do sistema Blockchain que o Brooklyn Microgrid se tornou possível. Ele funciona da seguinte forma: os participantes instalam mediadores inteligentes equipados com a tecnologia em questão, essa acompanha a energia gerada e consumida. Os registros dos contratos inteligentes permitem as transações entre vizinhos, além de que tais registros também são rastreados pelo Blockchain.

Além disso, o fundador da LO3 citou, durante a conferência da MIT, que o Blockchain é um excelente sistema de comunicação para o projeto em andamento. Ele ainda acrescentou que não se trata apenas de liquidar contas de energia, mas sim como deve ser a auto-organização da matriz, que não pode ser feita com bancos de dados normais.

Siga-nos nas redes sociais
Canal no Telegram Siga-nos no Facebook Acompanhe nosso Twitter Siga-nos no Instaram
Artigo anterior

Daqui há dez anos não teremos mais Blockchains

Próximo artigo

PRIMEIRO PAÍS A LANÇAR UMA CRIPTOMOEDA PATROCINADA PELO GOVERNO

Nenhum Comentário

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.