Pesquisas por NFTs no Google atingem recordes

Os dados de pesquisa de palavras-chave do Google mostram que o interesse em tokens não fungíveis (NFTs) atingiu níveis recordes, com o tráfego superando os termos de pesquisa pertinentes a muitos ativos criptográficos classificados entre os dez primeiros.

De acordo com o Google Trends, o interesse em NFTs teve um aumento dramático no início do ano, quando o NBA Top Shot da Dapper Labs e NFTs vintage baseados em Ethereum viram especulação frenética.

Embora a bolha inicialmente parecesse de curta duração – com o volume de pesquisa secando em cerca de 75% no final de junho, o interesse começou a se recuperar em julho, antes de atingir novos máximos no final de outubro.

Desde então, o tráfego de pesquisa do Google para palavras-chave relacionadas ao NFT continuou a aumentar, dobrando nos últimos três meses.

O aumento no interesse fez com que “NFTs” ultrapassasse muitas das palavras-chave que há muito dominavam o tráfego de pesquisa relacionado à criptomoedas, incluindo “DeFi”, “Ethereum” e até mesmo “blockchain”.

Enquanto o Dogecoin capturou firmemente a imaginação do público durante o segundo trimestre – com o volume de pesquisa por “Dogecoin” aumentando para rivalizar com o “Bitcoin” no início de maio, a febre dos cachorros diminuiu rapidamente no terceiro trimestre. Como tal, os dados do Google Trends sugerem que o ímpeto por trás da alta das moedas caninas foi imediatamente canalizado para o hype dos NFTs.

Hype NFT invade a Ásia

De acordo com o Google Trends, o tráfego de pesquisa NFT é atualmente dominado por nações asiáticas, com China, Uganda, Cingapura, Hong Kong e Filipinas liderando as classificações de pesquisa.

O volume de pesquisas na China por “NFTs” atingiu o pico entre 5 e 11 de setembro deste ano. No mês anterior ao pico, o conglomerado de tecnologia chinês, Tencent, lançou sua plataforma de negociação NFT, Huanhe, e Alibaba lançou um mercado que permite aos usuários comercializar licenças para criar NFTs de conteúdo protegido por direitos autorais.

No entanto, o Partido Comunista Chinês divulgou uma série de declarações denunciando os NFTs por meio da publicação oficial da mídia estatal, The People’s Daily, provavelmente estimulando o retrocesso no volume de pesquisas desde então.

Veja mais em: Notícias

Compartilhe este post

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.