Polícia apreende 3.800 consoles PS4 usados para mineração

polícia

Polícia ucraniana invade uma fazenda de criptomoedas supostamente ilícita no país. De acordo com um comunicado oficial do Serviço de Segurança da Ucrânia, a instalação estava localizada nas antigas instalações da JSC Vinnytsiaoblenergo, uma empresa de fornecimento de eletricidade.

Os mineradores de criptomoedas ilegais esconderam suas atividades manipulando medidores de eletricidade para roubar eletricidade da JSC Vinnytsiaoblenergo.

Descrita como a maior operação de mineração subterrânea descoberta pela polícia ucraniana, a fazenda abrigava cerca de 5.000 unidades de equipamentos de informática, incluindo 3.800 consoles PlayStation 4, mais de 500 placas gráficas, 50 unidades de processamento, notebooks, telefones e unidades flash.

A SBU estimou as perdas mensais do estado devido ao roubo de eletricidade – que tinha o potencial de causar escassez de eletricidade para toda a cidade de Vinnytsa – em uma faixa entre $186.200 e $259.300.

Várias estimativas mostram que o console de jogos de última geração da Sony, o PlayStation 4, não é o equipamento ideal para minerar criptomoedas. Dada sua configuração ligeiramente desatualizada em comparação com muitas plataformas de mineração disponíveis hoje, mesmo uma configuração PS4 de 16 console não geraria retornos significativos com o uso legal de eletricidade.

A Ucrânia foi classificada como líder mundial no Índice de Adoção de Criptomoedas Global da Chainalysis em 2020. O país do Leste Europeu está tentando liderar a região com iniciativas amigáveis ​​à criptomoedas, como a proposta de um projeto de lei que visa determinar a situação legal de ativos criptográficos, incluindo regras para sua circulação e emissão no país.

Veja mais em: Criptomoedas | Mineração | Notícias

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *