Quantos Bitcoins são necessários para te colocar nos 1% mais ricos?

1% mais ricos

Todo mundo já ouviu falar do famoso “1% mais ricos do mundo”. Porém, fazer parte desse grupo, quando o assunto é Bitcoin, é bem mais fácil do que parece. Isso se justifica pois não há muitas pessoas que possuem o criptoativo, e os que possuem têm em pouca quantidade.

Jake Levison, analista do BlockWorks Group, estimou um valor para entrar nesse grupo. De acordo com ele, são necessários “apenas” 0.28 Bitcoins para fazer parte dos 1% mais ricos do criptoativo. No entanto, é importante que fique claro que não é 1% do mundo todo, mas sim somente em termos de Bitcoins.

Como o BTC é mantido por um livro de registro público, é possível explorar informações interessantes acerca de transações, carteiras e quaisquer outros eventos que ocorrerem na rede. Para quem não está familiarizado com o mundo dos criptoativos, todos os registros ficam armazenas em uma rede encadeada chamada blockchain.

Porém, dados do Bit Info Charts apontam que 2% dos endereços do criptoativo têm 1 BTC ou mais. Mas isso não significa que estejam na posse de uma única pessoa, pois alguns investidores tem mais de uma carteira. É daí que vem o número 0.28 Bitcoins: ele é baseado em vários fatores complexos de análises de carteira.

1% dos mais ricos em BTC será mais fácil em 2030

Embora para fazer parte dos 1% mais ricos em Bitcoins seja necessário desembolsar um valor considerável nos dias de hoje, será muito mais fácil em 2030.

De acordo com as estimativas de Parker Lewis, em um artigo publicado na Unchained Capital cujo título é “Bitcoin Obsoletes All Money”, em 2030 a quantidade média de posse de Bitcoin será próximo de 0.01. No entanto, ao contrário de hoje, o número de usuários estará na casa do bilhão.

Dado que o criptoativo é escasso além de diversos outros fatores, é bem provável que esse cenário possa, de fato, acontecer. Porém, nos dias de hoje temos presenciado várias grandes decisões envolvendo o Bitcoin. Dessa forma, as estimativas de Lewis se reduzem a um chute como qualquer outro: ou vai acontecer ou não vai.

Certamente que em 2030 será fácil fazer parte dos 1% mais ricos em BTC do mundo no cenário de Lewis. No entanto, se isso acabar por se concretizar, é melhor que tenha a quantidade de BTC estocada com antecedência, pois a cotação deverá estar nas alturas.

Será que o BTC vai ser usado no futuro?

O Bitcoin está cada vez mais realizando o trabalho que foi designado para fazer: ser uma moeda descentralizada para uso cotidiano. Dessa forma, suas aplicações no mundo físico estão se desenvolvendo em um ritmo satisfatório. Porém, existe uma certa rejeição por parte dos governos – algo completamente justificável, dada as circunstâncias.

Um dos agravantes desse cenário foi a invenção de técnicas de mixagem de Bitcoins. Se o BTC já era suspeito quanto a lavagem de dinheiro, o caso da Helix acabou por confirmar todos os medos das autoridades.

A Helix foi uma ferramenta que operava na deep web cujo intuito era misturar BTC e distribuí-los aleatoriamente entre os participantes. Dessa forma ficaria impossível rastrear de onde o Bitcoin veio. O DoJ acabou por prender o dono da empresa sob acusação de lavagem de dinheiro e até mesmo envolvimento com o tráfico de drogas.

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *