Início»Notícias»Quem avisa amigo é: O fim da BitConnect

Quem avisa amigo é: O fim da BitConnect

1
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Já não é de hoje que existem sistemas ponzi. Também conhecidos como pirâmides financeiras, os esquemas que, com a popularização das criptomoedas, têm se multiplicado, vêm usando da ingenuidade e ignorância dos seus apoiadores para arrecadar fundos de “investimento” que só enriquecem seus chefes e líderes. Atualmente presenciamos o fim de mais um sistema desses.

Anúncio

Quando o BitConnect foi lançada, a maioria das pessoas podiam ter a visão de uma empresa muito diferente do que elas conheciam. Garantir lucros aos investidores, independentemente das mudanças nos mercados globais, é sempre preocupante. Afinal, não existe um instrumento financeiro que possa garantir lucros a partir do primeiro dia.

Para aquelas pessoas que conseguiram superar esse aspecto, a empresa também tem sua própria plataforma de negociação. Como já vimos em outras fraudes e esquemas Ponzi, as criptomoedas negociadas em exchanges próprias acabam por fraudar os usuários em algum momento. Houve episódios semelhantes no passado, embora muitas pessoas assumissem erroneamente que o BitConnect fosse diferente.

Ao longo dos meses, o milagrosa empresa também obteve uma quantidade razoável de exposição no YouTube. Embora não seja anormal para quem trabalha em plataformas de vídeo promover criptomoedas no mínimo intrigantes. A partir daí as semelhanças entre este esquema Ponzi e outros conhecidos da internet como a OneCoin tornaram-se mais aparentes.

Contudo, o que talvez tenha sido o maior sinal de alerta fosse a estrutura do esquema da pirâmide, que também se tornou mais evidente ao longo do tempo. Todo participante teve que recrutar outras duas pessoas para fornecer retornos aos investidores anteriores. Tal estrutura não é inteiramente incomum no mundo dos esquemas de investimento, mas é um sinal preocupante. Algumas empresas trabalham recompensando seus funcionários quando os mesmos conseguem atrair novos investidores ao seu corpo empresarial, mas a maneira como o BitConnect agia levantou muitas suspeitas desde o primeiro dia.

Leia Também:  CryptoTab: Empresa de mineração via navegador ou mais uma pirâmide?

Os últimos meses desta notória Ponzi não foram tão bons para os investidores. O pessimismo começou a ruir quando a exchange própria da empresa, que representava mais de 97% de todas as negociações feitas em BCC, passou por momentos de instabilidade, ficando fora do ar várias vezes, deixando o dinheiro dos usuários preso. Hoje, apesar do site está online, não se tem nenhum tipo de movimentação por parte da equipe tecnica que está sumida dede Janeiro. Com isso, os preços da suposta criptomoeda despencaram e até onde se sabe, as pessoas que ainda possuem BCC não conseguem as negociar.

É fato que, depois de vários avisos, muitos choram o leite derramado, fingindo não terem conhecimento que o sistema era de fato uma grande fraude. Como se as grandes mídias e portais relacionados a criptomoedas não tivessem compartilhado massivamente os riscos e as suspeitas que envolviam a BitConnect. Nos resta acreditar que a comunidade de ingênuos que alimentam esses sistemas amadureçam e aprendam com os erros.

___________________________________
Siga-nos em nossas redes sociais:
Facebook: https://www.facebook.com/99cripto
Telegram: http://telegram.me/cripto99br
Twitter: https://twitter.com/99Cripto

Siga-nos nas redes sociais
Canal no Telegram Siga-nos no Facebook Acompanhe nosso Twitter Siga-nos no Instaram
Artigo anterior

Dubai irá lançar sistema unificado de turismo baseado na Blockchain

Próximo artigo

Preço do Monero ultrapassa os US$ 350 depois de fortes baixas

1 Comentário

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.