Ripple liquida cerca de US$263 milhões

Ripple liquida cerca de US$263 milhões

O preço da XRP foi muito afetado devido a queda de envolvimento de usuários através do Twitter, levando à necessidade de liquidações em 2019.  O relatório trimestral revelou que no primeiro trimestre de 2020 houve grandes quedas de interação. Consequentemente, a Ripple precisou entrar em processo de liquidação de participações para que o fluxo do caixa não ficasse negativo.

Esse relatório, feito pela eToro e The Tie, mostra que os usuários do Twitter que se mantém envolvidos com assuntos de XRP, caiu cerca de 16% no inicio de 2020. Foi relatado também que, desde o início de janeiro de 2018, uma queda de 82% de usuários no XRP Army vem sido observada.

Existe uma lista de grupos de Telegram, criada por usuários do Twitter, que mostra uma redução de 63% de participantes do @Ripple desde junho de 2018. Com isso, é possível observar que o XRP vem sofrido problemas de envolvimento há mais tempo.

Apesar de não ser confirmada a relação entre envolvimento online e valor em todas as criptomoedas, a The Tie mostra resultados de pesquisa que correlaciona o preço do XRP e a quantidade de usuário no Twitter no primeiro trimestre desse ano.

Liquidação de $263M de XRP

O novo token Chainlink ultrapassou o XPR no inicio de 2020, que quase perdeu sua posição de 3 lugar no top 10 de Tether (USDT). Isso, durante o flash crash no meio do mês de março.

Quase todos os tokens foram atingidos, mas o XRP foi avaliado por conter o pior desempenho, apesar do limite alto de token. A empresa, de acordo com o relatório da Tie, “confiava em liquidações de XRP para manter o fluxo de caixa positivo”.

Em 2019:

“Embora a Ripple tenha liquidado apenas US $ 13 milhões em suas participações em XRP no quarto trimestre de 2019 (o mínimo em três anos), vendeu mais de US $ 250 milhões no terceiro trimestre do ano passado. Ainda não se sabe quanto XRP Ripple vendeu no primeiro trimestre de 2020.”

A empresa está lutando contra um processo coletivo na cidade de Nova York, o que pode explicar tais liquidações. Brad Garlinghouse, CEO da empresa, está sendo acusado de enviar o token para investidores, e de sacar suas participações em silêncio.

Veja mais em: Notícias

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário