Room 77, primeiro bar a aceitar pagamentos em criptomoedas fecha as portas

Room 77, primeiro bar a aceitar pagamentos em criptomoedas fecha as portas

Room 77, um lendário bar e restaurante na Alemanha que teria sido o primeiro a aceitar criptomoeda como forma de pagamento, fechou definitivamente.

De acordo com uma postagem no Reddit de 18 de outubro de Joerg Platzer, fundador da Room 77, a primeira empresa física a aceitar Bitcoin (BTC) não está mais aceitando clientes e fechou as portas. Em uma mensagem de despedida repleta de referências ao Guia do Mochileiro das Galáxias de Douglas Adams, Platzer disse:

“Obrigado novamente por todos os peixes e as generosas gorjetas após mais de 15 anos no negócio ocupando aquele pequeno estabelecimento em Berlim Kreuzberg. Nós nos divertimos muito. Divertir-se muito e fazer muitos amigos. Já está claro que ninguém mais vai impedir o Bitcoin. Dinheiro sólido em escala global logo tornará inviável travar guerras e criará igualdade econômica entre a humanidade.”

Room 77, “o restaurante no fim do capitalismo” localizado no distrito de Kreuzberg, em Berlim, Alemanha, foi supostamente o primeiro local físico do mundo a aceitar Bitcoin como forma de pagamento. Platzer afirmou ter recebido o primeiro pagamento em criptomoedas em maio de 2011 por meio litro de cerveja.

Dado que o preço médio da cerveja na Alemanha é de cerca de US$ 4,10 e o Bitcoin tinha acabado de atingir a paridade com o dólar americano naquela época, o cliente poderia facilmente pagar por sua bebida com mais de 1 BTC – agora com preço de US$ 11.432. Essa é uma bebida de alta qualidade.

fonte: Room 77

Eric Lombrozo, desenvolvedor do Bitcoin Core, disse:

“Uma visita a Berlim nunca fica completa sem uma parada na Room 77. Este lugar sempre fará parte da história do Bitcoin.”

Phil Lucsok compartilhou memórias de sua primeira vez em que usou criptomoedas no mundo real:

“Quando recebi alguns Bitcoins, só queria gastá-los em algum lugar AFK. Cheguei ao Room 77 em uma tarde de primavera de 2013 e pedi um café, pois não queria cerveja ou comida, só queria gastar um pouco de dinheiro descentralizado pela primeira vez na minha vida.”

Platzer não forneceu um motivo específico para o fechamento, mas ex-clientes especulam que pode estar relacionado a restrições devido à pandemia. Na semana passada, as autoridades anunciaram um toque de recolher exigindo que os bares em Berlim fechassem entre 23h e 6h e restringissem as reuniões a não mais que 25 pessoas dentro de casa.

Embora a proibição tenha sido suspensa posteriormente, muitas empresas em todo o mundo estão experimentando uma queda na receita à medida que o turismo cai e mais pessoas ficam em casa.

Veja mais em: Notícias

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário