Silvergate Capital em queda

As ações da Silvergate Capital (NYSE: SI) estão em queda esta semana, enquanto a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos, ou SEC, revelou uma grande liquidação de ações da empresa pelo membro do conselho Thomas Dircks.

A documentação do Formulário 4 do regulador de segurança, mostra que Dircks vendeu 60.000 ações ordinárias Classe A em oito transações. A maior transação foi a alienação de 37.192 ações a um preço de $40,72.

No total, as vendas renderam à Dircks mais de US $ 2,4 milhões.

Dircks está listado como membro do conselho do Silvergate Bank, que fornece serviços de empréstimo e depósito para negócios inovadores em fintech e criptomoeda. Ele também é diretor administrativo da Charterhouse Strategic Partners, que investe em vários empreendimentos, desde criptomoeda a saúde e infraestrutura sem fio.

Dircks, que está listado como proprietário de 10% da Silvergate via Charter Digital e uma “fundação familiar”, parece ter iniciado a venda logo depois que a SI atingiu novos máximos no início da semana.

O Silvergate fechou a US$44,53, o que foi um novo recorde histórico. Desde então, caiu 16,4% em dois dias de negociação, incluindo uma queda de 8,9%, onde fechou em $37,21. No acumulado do ano, o SI mais que dobrou. Em seu pico, aumentou quase três vezes desde o início de 2020.

A venda desencadeou grande volatilidade nas ações da SI, com volumes de negociação mais de três vezes maiores do que o normal.

O Silvergate tornou-se público em novembro de 2019 após um IPO de sucesso. Na época, a empresa contava com mais de 750 clientes de criptomoedas.

Veja mais em: Criptomoedas | Notícias

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *