Tornar-se ‘investidor credenciado’ nos EUA não é mais apenas ser rico

Tornar-se ‘investidor credenciado’ nos EUA não é mais apenas ser rico

A Securities and Exchange Commission, ou SEC, está atualmente alterando sua definição de “investidor credenciado” para relaxar os requisitos puramente baseados em riqueza, após anunciar tais planos em dezembro de 2019.

Os investidores credenciados nos EUA desfrutam de privilégios especiais com a SEC — nomeadamente, a possibilidade de participar em certos tipos de vendas simplificadas de títulos, como o Regulamento D.

A SEC observou que as definições anteriores se baseavam em critérios específicos de receita e patrimônio líquido, que não levavam em consideração sua real “sofisticação financeira”. No caso dos EUA, esses requisitos somavam US$ 1 milhão em patrimônio líquido ou uma renda estável de pelo menos US$ 200.000 por ano.

Os critérios agora são expandidos como “produto de anos de esforços da Comissão e de sua equipe para considerar e analisar abordagens para revisar a definição de investidor credenciado”, disse o presidente da SEC, Jay Clayton.

Os detalhes ainda não estão totalmente claros, mas a nova definição permitirá que as pessoas se qualifiquem como investidores credenciados com base em “certificações, designações ou credenciais profissionais ou outras credenciais emitidas por uma instituição de ensino credenciada”.

Essas instituições educacionais serão designadas em algum momento futuro, a critério da SEC. Não está claro que tipos de instituições poderiam ser credenciadas para esses fins e se isso exigiria cursos de treinamento especializado ou educação geral em economia e finanças.

Outras pequenas expansões dos critérios incluem “funcionários bem informados” de fundos de investimento privados e escritórios familiares com mais de US$ 5 milhões em ativos sob gestão.

A decisão pode ter consequências para a arrecadação de fundos, pois expandiria a lista de investidores potenciais em ofertas de tokens de segurança. No entanto, resta saber se as novas medidas serão generalizadas o suficiente para expandir o pool de investidores credenciados em um montante significativo.

Veja mais: Investimentos | Notícias

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário