A Visa oferecerá um cartão de crédito que recompensa as compras em Bitcoin

A Visa oferecerá um cartão de crédito que recompensa as compras em Bitcoin

A Visa está lançando um novo cartão de crédito que oferecerá recompensas em dinheiro de volta aos clientes em Bitcoin no início de 2021.

A empresa de pagamentos fez parceria com a startup de criptomoeda BlockFi para seu “cartão de crédito Bitcoin Rewards Visa”, que tem uma taxa anual de US$ 200. Os usuários receberão 1,5% de suas compras de volta na forma de criptomoeda.

Os portadores do cartão também receberão um bônus de US$ 250 em Bitcoin após gastar US$ 3.000 ou mais nos primeiros três meses de posse, disse a BlockFi em um comunicado.

As inscrições na lista de espera já foram abertas para titulares de contas BlockFi existentes e novas. Mas os usuários atuais do BlockFi terão primeiro acesso, pois podem se registrar, se inscrever e receber os novos cartões de crédito antes de todo mundo. Uma lista de espera pública será aberta no início de janeiro.

O novo cartão, que será emitido pelo Evolve Bank & Trust, visa atender os cripto-curiosos que estão encontrando maneiras de adicionar participações de Bitcoin em seus investimentos. Ele “oferece um ponto de entrada fácil, permitindo que os consumidores acumulem Bitcoins por meio dos gastos diários”, disse BlockFi.

“Estamos entusiasmados em adicionar cartões de crédito ao nosso conjunto de produtos e expandir a acessibilidade do bitcoin a um conjunto mais amplo de consumidores”, disse Zac Prince, CEO e fundador da BlockFi, em um comunicado. “Este cartão torna simples e sem risco para as pessoas ganhar ou aumentar a exposição a uma nova classe de ativos sem mudar seus hábitos de gastos ou investimento.”

A adoção do Bitcoin pela Visa não começou com o BlockFi. Em abril, a empresa de cartão de crédito fez parceria com a startup Fold para oferecer recompensas denominadas em Bitcoin. Em fevereiro, a Visa e a Coinbase anunciaram o cartão Coinbase, que permite aos usuários emitir Bitcoin usando cartões de débito.

O Bitcoin subiu 166% este ano e atingiu recordes de quase US$ 20.000 na semana passada, impulsionado pela adesão institucional e investidores em busca de um hedge contra a desvalorização do papel-moeda tradicional.

Traduzido e adaptado de: markets.businessinsider.com

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *