Adoção de Bitcoin em El Salvador pode transformar remessas na América Central

Adoção de Bitcoin em El Salvador pode transformar remessas na América Central

O Banco Centro-Americano de Integração Econômica (CABEI) identificou as remessas como um aspecto importante da política de adoção do Bitcoin (BTC) de El Salvador.

De acordo com a Reuters, o banco de desenvolvimento regional espera que outras nações centro-americanas prestem muita atenção ao impacto do Bitcoin nos custos de remessas em El Salvador.

Em declarações à Reuters, Dante Mossi, presidente executivo da CABEI, afirmou que os países vizinhos serão incentivados a seguir o exemplo de El Salvador se o Bitcoin oferecer redução significativa de custos no mercado de remessas.

O executivo do CABEI descreveu a política de adoção de Bitcoin de El Salvador como uma “experiência de outro mundo” que poderia promover uma maior inclusão financeira no país. Portanto, o banco regional está ajudando El Salvador a criar uma estrutura técnica para a adoção do Bitcoin.

De acordo com Carlos Sanchez, chefe de investimentos do CABEI, o banco regional está empenhado em ajudar El Salvador a garantir o cumprimento das regras globais de lavagem de dinheiro enquanto o país tenta utilizar o Bitcoin como moeda paralela. Sanchez descreveu o processo como sendo semelhante a navegar em águas “ainda não exploradas”.

A assistência técnica do CABEI enfrenta oposição e críticas do Fundo Monetário Internacional. Na verdade, o movimento pode ser visto como uma indicação da capacidade do Bitcoin de conduzir discussões de política monetária significativas, pelo menos em um nível nacional e regional, mesmo se o estabelecimento financeiro global permanecer anti-Bitcoin.

Em junho, o economista Steve Hanke alertou que o Bitcoin poderia destruir a economia de El Salvador, enquanto a Fitch Ratings também alertou que a Lei do Bitcoin do país poderia representar riscos para as seguradoras locais.

El Salvador, por sua vez, parece estar avançando com seus planos de adotar o Bitcoin como forma legal de dinheiro totalmente reconhecida no país. No início de agosto, o presidente Nayib Bukele anunciou planos para instalar 200 caixas eletrônicos para facilitar a conversão de BTC em dólares dos Estados Unidos.

O banco central do país também publicou projetos de regulamentação detalhando como os bancos podem lidar com Bitcoin.

Veja mais em: Criptomoedas | Notícias

Compartilhe este post

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.