Início»Notícias»As chances da SEC aprovar os ETFs de Bitcoin aumentam

As chances da SEC aprovar os ETFs de Bitcoin aumentam

5
Compartilhamentos
Pinterest Google+

As chances da SEC aprovar os ETFs de Bitcoin aumentam segundo a opinião de alguns especialistas e analistas do mercado financeiro.

A SEC estabeleceu o dia 26 de outubro de 2018 como o prazo final para a recepção de comentários públicos sobre a petição de alteração de regras para listar e negociar ações do GraniteShares Bitcoin ETF e do ETF GraniteShares Short Bitcoin.

A Divisão de Negociações e Mercados da SEC já desaprovou nove ETF Bitcoin de três empresas investidoras: GraniteShares, ProShare e Direxion.

Agora, a SEC quer rever essas decisões. E para realizar a revisão, a SEC está pedindo ao público para arquivar “declarações em apoio ou em oposição à ação da Divisão em conformidade com a autoridade delegada”.

Alguns especialistas estão citando, de maneira otimista, as razões pelas quais a SEC pode aprovar os ETFs do Bitcoin dessa vez. Um exemplo é o pedido da SEC para comentários públicos. A Trefis, uma equipe formada por engenheiros do MIT e analistas de Wall Street, escreveu:

“Embora a SEC tenha rejeitado várias propostas para os ETFs de Bitcoin no início deste ano, suavizou sua posição em relação à indústria em uma série de medidas nos últimos meses, revisitando as propostas e, mais recentemente, convidando as opiniões dos investidores sobre os prós e contras de um ETF vinculado a Bitcoin.”

As chances da SEC aprovar
As chances da SEC aprovar os ETFs de Bitcoin aumentam

O otimismo também é alto para a aprovação das ações Bitcoin SolidX emitidas pelo VanEck SolidX Bitcoin Trust, para o qual a SEC já recebeu mais de 1.400 comentários.

Leia Também:  SEC dos EUA começou a considerar fundos de negociação de Bitcoin na bolsa

A crescente demanda por ETFs da Bitcoin também pode ser um fator que poderia pesar na decisão da SEC. Bill Barhydt, executivo-chefe do aplicativo de pagamentos em Bitcoin, Abra, disse:

“Vai acontecer no próximo ano; Eu realmente apostaria nisso ”, acrescentou ele. “Há muita demanda por isso.”

Outro fator pode ser a menor volatilidade do Bitcoin. Até o momento, o índice de volatilidade do Bitcoin para a última estimativa de 30 dias é de 1,71%, enquanto a estimativa mais recente de 60 dias é de 2,43%.

Os movimentos bruscos de preço do Bitcoin podem ter sido um dos fatores-chave que influenciaram a decisão da SEC de rejeitar petições da ETF. De fato, ao negar a petição da ETF Winklevoss Bitcoin, a SEC rejeitou as afirmações de que os mercados de Bitcoin eram resistentes à manipulação de preços. E a manipulação de preços resulta em alta volatilidade.

Em relação às últimas semanas de baixa volatilidade do Bitcoin, o especialista em finanças da FXEmpire, Bob Mason, escreveu na Forbes,

“A baixa volatilidade é também uma afirmação de que a manipulação de preços talvez tenha diminuído.”

Assim, pode-se agora ver este período mais recente de baixa volatilidade de preços do Bitcoin como um fator adicional positivo e assim as chances da SEC aprovar um ETF só aumentam.

Traduzido e Adaptado: Bitcoinist

Siga-nos nas redes sociais
Canal no Telegram Siga-nos no Facebook Acompanhe nosso Twitter Siga-nos no Instaram
Artigo anterior

Carrefour anunciou que usará a rede de blockchain Food Trust da IBM

Próximo artigo

Os venezuelanos terão que pagar as taxas de passaporte com a Petro

Nenhum Comentário

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.