Banco Central da França escolhe Accenture, HSBC e outros para o Euro Digital

Banco Central da França escolhe Accenture, HSBC e outros para o Euro Digital

De acordo com o anúncio publicado nos últimos dias, oito candidatos potenciais foram escolhidos pelo Banque de France. O objetivo é testar a integração de um Banco Central de Moeda Digital (CBDC) para acordos interbancários.

Dentre a lista de participantes aprovados estão gigantes do setor como: Accenture, HSBC e Societe Generale. Além deles, players menores focados em criptografia como Seba Bank e LiquidShare.

De acordo com o anúncio, o Banco Central planeja que os aplicativos experimentem o uso de um Euro Digital – publicado em março. Na época, a instituição disse que selecionaria um máximo de 10 aplicativos relacionados ao CBDC, sendo um dos principais critérios de seleção a “natureza inovadora”.

Atualmente, o Banco Central Francês passará trabalhar com cada um dos oito participantes em seus experimentos propostos “nos próximos meses”. Com o objetivo de explorar “novos métodos de troca de instrumentos financeiros”. Além disso, os projetos-piloto tentarão estabelecer como os CBDCs podem ser distribuídos e usados ​​para pagamentos transfronteiriços.

Aparentemente, o Banque de France parece estar pesquisando usos no atacado e não no varejo para um Euro Digital. Assim, parece significas que o CBDC foi projetado para “regulamentações interbancárias”, e não para fins de consumo.

O impulso da França pelo Euro Digital

Até o momento, a França tem estado na vanguarda das experiências européias do CBDC. Em maio, tornou-se o primeiro país a testar com êxito um Euro Digital em uma blockchain como parte de seu projeto em andamento com a Societe Generale.

Ainda que não esteja claro se as experiências da França com o CBDC serão adotadas na escala da UE, seu Banco Central foi recentemente escolhido para representar o Eurosistema juntamente com o Deutsche Bundesbank como parte do “BIS Innovation Hub” global do Banco de Pagamentos Internacionais rede.

Veja mais: Notícias | Blockchain | Criptomoedas

Compartilhe este post

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.