Banco Raiffeisen: Teremos finalmente o Euro em StableCoin?

Banco Raiffeisen: Teremos finalmente o Euro em StableCoin?

As moedas digitais do Banco Central vêm progredindo em todas as jurisdições globais. Enquanto isso, algumas instituições privadas também trabalham na digitalização das moedas nacionais. O grande banco austríaco, Raiffeisen Bank International (RBI), trabalha atualmente em uma nova forma de tokenização da moeda nacional, usando a tecnologia blockchain.

Além disso, o RBI está estendendo sua colaboração com a firma fintech polonesa-britânica Billon, após um teste bem-sucedido de transferências de moeda nacional digitalizadas de ponta a ponta.

O RBI Coin acelerando as transações transfronteiriças

O RBI e o Billon, anunciaram em 18 de maio estarem trabalhando nos estágios iniciais de uma plataforma de tokenização, a qual foi chamada de RBI Coin. Planejado para estar pronto até o final deste ano de 2020. De acordo com as empresas, o piloto foi projetado para acelerar transações interbancárias entre empresas e melhorar a gestão da liquidez.

Segundo o comunicado, o RBI Coin teria sido desenvolvido pela Billon como parte de uma colaboração anterior do RBI-Billon, o programa Elevator Lab. O programa Elevator Lab, supostamente concluído em 5 de março, busca implementar a tecnologia blockchain da Billon para que transações de dinheiro eletrônico com euro digitalizado sejam permitidas.

1:1 ao euro ou a qualquer outra moeda nacional na CEE

De acordo com o bando, o projeto piloto, deverá ser lançado nos países da Europa Central e Oriental (CEE) da operação do RBI, se for bem sucedido. Dentre os países onde ocorrerão o lançamento, estão Bielorrússia, República Tcheca, Polônia, Rússia e Ucrânia, entre outros.

No entanto, segundo um representante do RBI, ainda há uma discussão do banco com seus bancos subsidiários no CEE para determinar quais bancos iriam participar do piloto. O representante do RBI, informou:

“Acreditamos que os primeiros testes cobririam transferências de dinheiro entre a Áustria e uma subsidiária do RBI em outro país da CEE”.

O projeto RBI Coin, será atrelado a 1:1 para o euro ou qualquer outra moeda nacional operando em um país selecionado, mas, isso depende do país no qual o piloto ingressará. O representante acrescentou:

“As moedas implantadas dependeriam dos países envolvidos no piloto, para que a plataforma também incluísse euro e outras moedas nacionais”.

Experimentando a tecnologia blockchain

Todas essas notícias sobre o projeto, estão sendo divulgadas após novembro de 2019, quando a Billon havia sido selecionada para participar do Programa de Parceria do Elevator Lab do RBI. Dentro dessa parceria, a Billon usou sua tecnologia blockchain para cunhar, transferir e resgatar euro tokenizado.

O programa Elevator Lab, realizado em parceria entre as empresas, é um dos muitos extensos esforços de blockchain e tokenização da Raiffeisen. O RBI participou do Ivno Global Tokenized Collateral Trial em outubro de 2019, o qual se baseava na plataforma blockchain da R3Corda. Ademais, um banco subsidiário russo do RBI desenvolveu anteriormente, uma plataforma baseada em blockchain para liquidação por holdings.

Veja mais em: Blockchain | Notícias

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário