Suíça rejeita pedido de socorro das startups de Blockchain durante COVID-19

Suíça rejeita pedido de socorro das startups de Blockchain durante COVID-19

As startups de blockchain da Crypto Valley não receberão uma parte do alívio COVID-19 do governo suíço depois que uma solicitação enviada ao Cantão de Zug foi rejeitada

Heinz Tännler, diretor financeiro da Zug, solicitou um pacote de alívio de CHF100 milhões (US$ 103 milhões) para a indústria de blockchain em abril. Com a pandemia de coronavírus tendo um efeito catastrófico na maioria das empresas locais de blockchain, Tännler argumentou que elas também mereciam um pacote de estímulo como as outras startups de fintech.

Sua proposta foi rejeitada pelo conselho do governo de Zug, de acordo com uma reportagem do jornal local alemão Tages-Anzeiger. O relatório afirmou que de uma dúzia de setores que pediram socorro, o blockchain foi o único cujo pedido foi negado.

As notícias causam um grande golpe para a indústria. Com o COVID-19 paralisando muitas economias, a Suíça não foi poupada e as startups de Crypto Valley estão entre as mais atingidas. Um relatório divulgado há um mês revelou que 80% das startups de blockchain em Zug provavelmente faliram em seis meses.

O relatório da Federação Suíça de Blockchain alegou ainda que quase 60% das startups tiveram que demitir seus funcionários. Para aqueles que solicitaram o alívio COVID-19, apenas cerca de 30% foram concedidos.

E enquanto as startups de blockchain tiveram o alívio negado, outras empresas de fintech foram atendidas, com o governo federal suíço emitindo um pacote de alívio de US$ 159 milhões para este setor.

Empréstimo é o plano B

A opção viável das startups da Crypto Valley agora está solicitando um empréstimo de um banco comercial, com o governo federal cobrindo 65% do empréstimo, enquanto o Cantão de Zug cobre os outros 35%. O cantão terá a tarefa de decidir quem se qualifica para o empréstimo e quem não. Segundo seu anúncio , priorizará ‘startups sustentáveis’, uma descrição vaga que dá ao cantão margem de manobra suficiente para agir sem controle.

Suíça rejeita pedido de socorro das startups de Blockchain durante COVID-19
Suíça rejeita pedido de socorro das startups de Blockchain durante COVID-19.

O empréstimo é uma solução de band-aid para as startups, no entanto. Embora ofereça uma solução imediata para a crise de caixa, essas startups se encontrarão em posições semelhantes quando os bancos começarem a cobrar.

As startups da Crypto Valley não são as únicas que sentem o efeito da pandemia em seus cofres. Globalmente, 74% das startups tiveram que demitir alguns de seus funcionários em período integral, mostrou um relatório divulgado no mês passado. 41% das startups têm o suficiente para funcionar por três meses, mostrou o relatório da Startup Genome.

Traduzido e adaptado de: coingeek.com

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário