Início»Blockchain»Blockchain mais rápida do mundo? 30mil transações por segundo

Blockchain mais rápida do mundo? 30mil transações por segundo

20
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Blockchain mais rápida do mundo? A Red Belly Blockchain promete fazer 30mil transações por segundo dizem pesquisadores australianos.

Anúncio

Pesquisadores da Austrália anunciaram na quarta-feira um teste bem-sucedido da blockchain da próxima geração, que pode atingir velocidades transnacionais de 30.000 transações por segundo.

Operando na infraestrutura de nuvem da Amazon Web Services (AWS), o teste abre o caminho para aplicações globais de escala empresarial da tecnologia.

A Red Belly Blockchain é um projeto da agência nacional de ciência da Austrália, CSIRO, em parceria com a University of Sydney. De acordo com a declaração do último dia 26, a blockchain da próxima geração fornece várias melhorias, incluindo

Blockchain mais rápida do mundo
Blockchain mais rápida do mundo? 30mil transações por segundo

soluções em relação ao  “impacto ambiental com uso significativo de energia, gastos duplos em que um indivíduo gasta o mesmo ‘dinheiro’ duas vezes e taxas de transferências altas”.

Os pesquisadores australianos dizem que sua rede requer menos energia, enquanto permite um grande número de transações através de nós localizados em vários fusos horários.

O teste executou a Red Belly Blockchain em 1.000 máquinas virtuais em toda a rede de nuvem da AWS na América do Norte, América do Sul, Austrália (Sydney) e Europa.

Leia Também:  Líder de equipe da Amazon Web Services, deixa a empresa para assumir liderança na Coinbase

[perfectpullquote align=”left” bordertop=”” class=”” cite=”” link=”” color=””]”O experimento destaca a escalabilidade do Red Belly Blockchain, mantendo a velocidade de transação rápida e alta segurança, tornando-a ideal para o processamento mais rápido de transações financeiras e microrredes que usam o comércio peer-to-peer para transformar o setor de energia.”[/perfectpullquote]

O algoritmo da Red Belly Blockchain, segundo os pesquisadores, permite um desempenho escalável sem um aumento equivalente no consumo de eletricidade.

Esse seria um passo fundamental para a evolução das criptomoedas como conhecemos hoje?

Fonte: Cryptodaily

Siga-nos nas redes sociais
Canal no Telegram Siga-nos no Facebook Acompanhe nosso Twitter Siga-nos no Instaram
Artigo anterior

SBI Holdings está lançando sua própria criptomoeda, “S Coin”, usando blockchain

Próximo artigo

JP Morgan acaba de lançar o maior aplicativo de blockchain do mundo real

Nenhum Comentário

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.