Coinbase ajuda com US$90 milhões em BTC e ETH para Meitu

Coinbase ajuda com US$90 milhões em BTC e ETH para Meitu

Coinbase ajudou a executar a compra e custódia de cerca de US$90 milhões em BTC e ETH para a chinesa Meitu. Em um comunicado da Coinbase, a exchange de criptomoedas com sede nos Estados Unidos, disse que a Meitu usou seus serviços para executar transações de criptomoedas no valor de até US$90 milhões “em vários mercados com impacto mínimo no mercado”. Este mês, a empresa de tecnologia comprou 379 Bitcoin (BTC) por cerca de $17,9 milhões e 15.000 Ether (ETH) por $22,1 milhões, seguidos por 386,08 BTC por $21,6 milhões e 16.000 ETH por $28,4 milhões. A Coinbase Custody também forneceu armazenamento refrigerado para os ativos digitais, que agora valem mais de US$94 milhões. O diretor financeiro da Meitu, Gary Ngan, disse:

“As criptomoedas não são novas, mas adquirir criptomoedas como uma empresa listada, ao mesmo tempo que garante a segurança da transação e do armazenamento, bem como a conformidade com vários regulamentos e requisitos de auditoria, ainda é como navegar em águas desconhecidas.”

Meitu citou atores institucionais como a Tesla e a aquisição do Bitcoin pela empresa de inteligência de negócios MicroStrategy como parte do motivo de sua compra, além da crescente aceitação de criptomoedas como forma de pagamento por bens e serviços. A empresa abriu o capital em 2016 e está listada em Hong Kong e na China.

A Coinbase também facilitou as compras multimilionárias de BTC da MicroStrategy. A plataforma de custódia institucional foi o principal parceiro para a compra de Bitcoin de US$425 milhões da empresa em setembro de 2020, que foi executada ao longo de um período de cinco dias.

Veja mais em: Criptomoedas | Notícias

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *