Início»Mineração»Companhia chinesa de mineração, Bitmain, apresenta maior lucro em 2017 que a Nvidia

Companhia chinesa de mineração, Bitmain, apresenta maior lucro em 2017 que a Nvidia

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

O gigante chinês de hardware de mineração, Bitmain, obteve em 2017 lucro maior do que o fabricante de unidades de processamento gráfico (GPU) norte-americano, Nvidia, segundo reportou a CNBC, em 23 de fevereiro.

Anúncio

A CNBC escreveu que, de acordo com um relatório publicado em 21 de fevereiro da empresa de pesquisa de investimentos Bernstein, a Bitmain, com quatro anos de atividade, teria feito entre $3 e $4 bilhões em lucro operacional em 2017. Enquanto que, a Nvidia, fundada há 24 anos, ganhou cerca de $3 bilhões no mesmo período.

A Bitmain, fundada em 2013 por Jihan Wu e Micree Zhan, usa os cartões do Circuito Integrado Aplicado (ASIC) para minerar Bitcoin. A empresa produz e vende plataformas de mineração de Bitcoin (ASIC AntMiner) e também opera piscinas de mineração, um sistema no qual os mineradores de Criptomoedas compartilham recursos e dividem recompensas.

As placas gráficas fabricadas pela Nvidia tendem a fazer a mineração por hobby ou em baixa escala, muito utilizadas para minerar Altcoins. Devido ao custo muitos optam por comprar uma GPU convencional, ao invés de investir em um equipamento poderoso e caro da ASIC, como o AntMiner, da Bitmain.

A análise de Bernstein informa que a Bitmain detém de 70% a 80% do mercado de mineradores Bitcoin e cartões ASIC, com a maior parte da receita gerada pela venda de equipamentos de mineração. Além disso, em menor grau, cobram taxas de gerenciamento das piscinas de mineração, que operam alugando o poder de mineração de suas fazendas por meio de serviços da nuvem.

Leia Também:  "Bitcoin e Ethereum não podem competir com XRP"

Sabe-se que em 2017 o preço do Bitcoin subiu, fato que também contribuiu para os lucros da Bitmain. Pois, de acordo com o relatório de Bernstein, A Bitmain ajusta os preços dos mineradores conforme os preços do Bitcoin. Por exemplo, quando o preço do BTC subiu para $20.000, em 24 de dezembro de 2017, Bernstein informou que o preço do Antminer S9 da Bitmain atingiu quase $5.000.

O mercado da Bitmain até alguns meses atrás estava concentrado principalmente na China. Após a repressão da China sobre a indústria de Criptomoedas, onde proibiu as Exchanges, negociações P2P, ICOs e restringiu os recursos energéticos para a mineração, a Bitmain esta contornando as restrições abrindo fazendas de mineração no Canadá e na Suíça, uma subsidiária de mineração em Israel e matrizes regionais em Singapura, de acordo com notas da Bernstein.

_______________________________________________________________________________________________________________________
Siga-nos em nossas redes sociais:
Facebook: https://www.facebook.com/99cripto
Telegram: http://telegram.me/cripto99br
Twitter: https://twitter.com/99Cripto

Siga-nos nas redes sociais
Canal no Telegram Siga-nos no Facebook Acompanhe nosso Twitter Siga-nos no Instaram
Artigo anterior

Seria Porto Rico um paraíso fiscal para as criptos?

Próximo artigo

Empresa Canadense de mineração de diamantes pretende utilizar o Blockchain

1 Comentário

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.