Grupo de empresas, incluindo a Microsoft, criaram um Conselho Blockchain

Grupo de empresas, incluindo a Microsoft, criaram um Conselho Blockchain

Um grupo de empreendedores do blockchain, instituições e gigantes da tecnologia estão se unindo para tornar o Noroeste do Pacífico um centro para a crescente tecnologia. O Cascadia Blockchain Council é um esforço para dar às organizações blockchain uma voz unificada em torno de políticas públicas e marketing, bem como para criar comunidades e compartilhar recursos.

As 20 empresas fundadoras incluem empresas como Microsoft e T-Mobile, startups de blockchain Strix Leviathan, Bittrex e CryptoSlate, além de organizações como o Departamento de Comércio do Estado de Washington, a Universidade de Washington e a WTIA (Washington Technology Industry Association). O conselho foi formado há três meses e lançou seu site no fim do mês de março.

“Com blockchain, temos a capacidade de reunir pessoas. Vamos fazer isso com uma só voz ”, disse Arry Yu, presidente do blockchain council no WTIA, falando em uma conferência organizada pela TF Blockchain em Seattle na quinta-feira.

Investimentos de capital de risco em empresas de blockchain são saudáveis, apesar do contínuo inverno Bitcoin. As empresas de capital de risco investiram mais de US$ 100 milhões em empresas de blockchain nos primeiros dois meses de 2019, de acordo com a Pitchbook.

Grupo de empresas, incluindo a Microsoft, criaram um Conselho Blockchain
Grupo de empresas, incluindo a Microsoft, criaram um Conselho Blockchain.

Pamela Dingle, diretora de padrões de identidade da Microsoft, e Chris Spantone, arquiteto sênior de blockchain da T-Mobile, representam os especialistas em tecnologia da área. Bittrex, com sede em Seattle, a 45ª maior exchange de moedas digitais por volume, de acordo com a CoinMarketCap, também faz parte do conselho.

Traduzido e adaptado de : geekwire.com

Deixe um comentário