Corrida de patentes de blockchain

Corrida de patentes de blockchain

De acordo com um novo relatório, o Ping An Group registrou o maior número de patentes relacionadas ao blockchain em 2020.

A revista com foco em propriedade intelectual, Intellectual Asset Management, divulgou um relatório sobre as classificações dos principais patenteadores do mundo. Com base nos dados do Derwent World Patents Index, as classificações mostram que a Ping An entrou com um pedido de 1.215 famílias de patentes de blockchain em 2020, mais do que o Tencent e o Ant Group juntos.

Com um total de 1.749 famílias de patentes em blockchain, a Ping An aumentou drasticamente seu número de pedidos de patentes em 2020, de apenas 291 em 2019. Com sede em Shenzhen, a Ping An opera um conglomerado financeiro e de seguros, fornecendo uma ampla gama de serviços, incluindo serviços bancários, gestão de ativos e fundos fiduciários. A empresa tem cimentado sua presença no setor, com o Ping An Bank abrindo uma butique com foco em blockchain em 2018.

A Ping An ultrapassou a Tencent no número total de famílias de patentes registradas historicamente, com a Tencent tendo um total de 1.666 solicitações de famílias de patentes. O Ant Group, que entrou com 586 patentes no ano passado, continua sendo o maior titular da patente de blockchain, com um total de 2.298.

A gigante de tecnologia global IBM é a única empresa americana mencionada no relatório, classificada em quarto lugar com um total de 647 patentes de blockchain em 2019. Apesar das empresas chinesas liderarem o mundo em número de patentes, as patentes de blockchain da IBM têm a maior taxa de citação da indústria. A empresa também possui alguns dos primeiros direitos intelectuais no espaço.

Além disso, de acordo com o relatório, o número de pedidos de patentes globais anuais tem diminuído constantemente nos últimos três anos, caindo de 12.300 em 2018 para 11.299 em 2019. Em 2020, um total de 9.415 famílias de patentes relacionadas ao blockchain foram registradas.

Veja mais em: Blockchain | Notícias

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *