Cripto cidade no deserto de Nevada

Cripto cidade no deserto de Nevada

A incubadora e empresa de investimentos Blockchain, Blockchains LLC, está intensificando seus planos para construir uma cidade inteligente no deserto de Nevada, a leste de Reno.

Em uma entrevista à Associated Press divulgada no sábado, o CEO da Blockchains, Jeffrey Berns, disse que pediu ao estado de Nevada para deixá-lo formar um governo local nos 67.000 acres que a empresa possui no condado de Storey. Se sua petição for bem-sucedida, a empresa de blockchain poderia operar como uma “zona de inovação”, onde uma empresa seria capaz de cobrar impostos e criar tribunais – além de incorporar pagamentos em moeda digital para bens e serviços e manter registros no blockchain.

Berns afirmou que a forma como o governo está configurado agora não é ideal para criar uma comunidade baseada em blockchain, criptomoedas e outras tecnologias inovadoras. Ele propôs a cripto-cidade como um lugar “onde as pessoas estão dispostas a começar do zero”.

Blockchains comprou originalmente o terreno por US$170 milhões em janeiro de 2018. Na época, Berns disse que a cripto cidade proposta apresentaria o campus Blockchains, um estúdio de criação de conteúdo, uma arena de esportes e propriedades residenciais. Embora o CEO tenha dito que espera construir 15.000 casas na cidade criptográfica dentro de 75 anos, o desenvolvimento residencial não é permitido na maioria das terras da empresa, aparentemente limitando a propriedade a 3.500 casas.

Caso os legisladores de Nevada aceitem essas zonas de inovação, três pessoas poderiam “governar” propriedades de empresas privadas de tecnologia com mais de 50.000 acres, o que também promete um investimento de US$1 bilhão. Esta legislação pode afetar potencialmente a Tesla Gigafactory localizada no mesmo condado, dada a aparente afinidade do CEO Elon Musk por criptomoedas como Bitcoin (BTC) e Dogecoin (DOGE). A Amazon também tem um centro de atendimento na área.

Berns disse que quer que a Blockchains inaugure a cidade inteligente no ano que vem.

Veja mais em: Blockchain | Notícias

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *