Criptomoedas são mais usadas na compra de alimento e roupa do que em drogas ilegais

Criptomoedas são mais usadas na compra de alimento e roupa do que em drogas ilegais

A empresa de pesquisa Visual Objects publicou um artigo esclarecedor sobre o gasto e compra em criptomoedas. Foi descoberto que as criptomoedas são muito mais gastas na compra de alimentos e roupas do que na compra de drogas ilícitas.

Há uma discrepância grande entre em como pensam que a criptomoeda é usada, e pro que ela realmente é. Muitos dos que responderam à pesquisa da Visual Objects declararam que o principal uso de criptomoedas era para atividades comerciais e ilícitas.

O número de pessoas entrevistadas foi de 983, nos Estados Unidos. Dentre elas, algumas estão “familiarizadas com a moeda digital”, e mais de 120 delas já fizeram compras usando criptomoedas.

Criptomoedas são mais usadas na compra de alimento e roupa do que em drogas ilegais

A compra de medicamentos está dentre os principais usos de criptomoedas

Cerca de 40% dos entrevistados disseram que a especulação de preço seria o caso de uso dominante da criptografia, seguido pela compra de “itens ilegais” (30%) e eletrônicos (23%). As opções com menor pontuação foram roupas e imóveis, com 15% cada, e compras de alimentos com 14%.

Com apenas 16% dos entrevistados sinalizando que investiram em criptomoedas, os resultados podem oferecer informações sobre deduções já feitas por aqueles que analisam o setor. A empresa Visual Objects relacionou os gastos dos participantes que haviam comprado criptomoeda, a seus hábitos de gastar moedas virtuais. A empresa acreditava que os dados estariam em contrastando fortemente com as expectativas do público.

Contudo, os alimentos lideraram a lista das compras mais comuns feitas com criptomoeda em 38%, seguidas por roupas em 34% e especulação em 29%. Ao passo que os narcóticos e armas de fogo tiveram a menor pontuação, com 11% e 15%.

Pagamentos em criptomoedas são comuns

Recentemente, uma pesquisa foi realizada pela The Economist e Crypto.com. Sem dúvida, pesquisa também constatou que pagamentos comuns são um fator grande no uso de criptomoedas.

Assim como 34,2% do total de entrevistados citaram os pagamentos online como o principal aplicativo para moedas virtuais, incluindo 35,2% dos entrevistados da plataforma Crypto.com. Então, Eric Anziani, diretor de operações da Crypto.com, disse:

“Este é um forte indicador de uma tendência que mostra que as moedas digitais estão no caminho certo para adoção em grande escala, com o potencial de aprimorar a infraestrutura e a eficiência de pagamento existentes”.

Veja mais em: Informação 

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário