Dificuldade da rede Bitcoin cai 4,3%

Dificuldade da rede Bitcoin cai 4,3%

A rede Bitcoin (BTC) testemunhou um evento histórico em 12 de maio, quando a dificuldade da rede atingiu seu recorde histórico de 31,251 trilhões, enquanto os mineradores mineravam quase 50.000 BTC dos 2 milhões de tokens restantes.

Enquanto a comunidade Bitcoin se alegrou com a resiliência adicional da rede devido à crescente dificuldade em minerar um bloco Bitcoin, a dificuldade da rede registrou uma queda de 4,33% – caindo de 31,251 trilhões para 29,897 trilhões nos últimos dias.

A dificuldade de rede do Bitcoin atingiu consistentemente os máximos de todos os tempos nos últimos dez meses, pois se recuperou de uma queda maciça de 45,4% – de 25,046 trilhões em 29 de maio de 2021 para 13,673 trilhões em 22 de julho de 2021.

Desde então, a dificuldade de rede do Bitcoin testemunhou um crescimento total de 128,56%, atingindo seu recorde histórico. Apesar do declínio momentâneo de mais de 4%. No entanto, o ecossistema BTC ainda é protegido pela rede blockchain mais segura.

Maior dificuldade de rede exige maior poder computacional para validar e confirmar transações na blockchain BTC. Como resultado, isso evita que maus atores assumam a rede, contribuindo com mais de 50% da taxa de hash e realizando ataques de gastos duplos.

Dania Gonzalez, deputada da República de El Salvador – onde podemos entender melhor o impacto social da adoção do BTC como moeda legal – disse:

De acordo com Gonzalez, El Salvador obteve lucros por meio de investimentos estratégicos em BTC e reaproveitou os novos fundos para construir infraestruturas como um hospital veterinário e uma escola pública. Ela disse:

“O que Nayib Bukele fez foi comprar Bitcoins e lucrar em um determinado momento estratégico.”

A rede Bitcoin quebrou sua sequência de 10 meses, já que a dificuldade da rede registrou uma queda de 4,33%, chegando a 29,897 trilhões atualmente.

Veja mais em: Criptomoedas | Notícias

Compartilhe este post

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.