DMX criptomoeda: Revolução ou Pirâmide?

Mais uma empresa apareceu no Brasil anunciando grandes lucros com criptomoedas, nesse caso, a DMX criptomoeda. Em resumo, a ideia da Digital Money é criar uma moeda virtual que seja melhor que as outras. No entanto, a forma como essa empresa têm atuado no mercado é suspeita.

A divulgação foi intensa em todos as mídias possíveis, e muitas promessas sobre essa nova moeda foi feitas. Em meados de abril de 2019, propagandas e anúncios inundaram as redes sociais.

No entanto, a parte mais atrativa para os investidores foram o possível uso no dia a dia. Dessa forma, a DMX criptomoeda superaria em muitos as demais moedas digitais. Se isso se concretizar, a extinção do dinheiro físico estaria próxima. Vejamos algumas coisas suspeitas/intrigantes sobre a DMX.

Veja: Saiba tudo sobre criptomoedas!

O auto-lastro da DMX criptomoeda

De cara, algo que chama muita atenção é o “auto-lastro” que a DMX afirma ter em sua moeda digital. O problema com essa narrativa é que nenhuma moeda digital possui lastro. Assim, seu preço é definido em decorrência de sua demanda.

A Digital Money afirma que sua moeda tem garantia de valor mesmo em caso de desinteresse. O motivo disso está na forma como foi desenvolvida. Uma taxa das transações feitas com a DMX criptomoeda será enviada para um fundo especial que determinará seu valor.

Por consequência, quanto mais se usa a DMX criptomoeda, mais ela valerá, garantindo o tal do “auto-lastro”. Essa mecânica é muito estranha do ponto de vista de moedas digitais, mas não temos como afirmar, com certeza, se isso é possível de ser feito.

Veja: Análises e recomendações sobre criptomoedas!

Intitular-se melhor que o Bitcoin

Como dito anteriormente, o objetivo da Digital Money é lançar uma criptomoeda, denominada DMX. O intuito dela é ser utilizada para pagamentos no cotidiano, sendo um método rápido e eficiente para isso.

Dessa forma, a DMX é vendida como uma melhoria do Bitcoin, cobrindo problemas em sua utilização corriqueira. Nesse sentido, a plataforma da Digital Money seria uma espécie de PayPal de criptomoedas.

No entanto, para atingir tal objetivo, deve-se cuidar da volatilidade das moedas digitais. Afinal de contas, seu valor varia muito durante o dia, o que tornaria seu uso complicado. Para contornar esse problema, os estabelecimentos receberão o valor na moeda corrente no instante da compra. Ou seja, não teriam preocupação com as oscilações de valor da moeda virtual.

Será que isso é um caso novo no mercado de criptomoedas?

A história sempre se repete

A DMX criptomoeda não é a primeira a criar um hype enorme acerca de um assunto e, logo em seguida, falhar miseravelmente. Um caso parecido com esse ocorreu no final de 2018, com a empresa chamada Initiative Q.

A Initiative Q, segundo se conta, foi desenvolvida por ex-executivos do PayPal. No entanto, após o grande hype, tudo caiu por terra. Hoje em dia, pouquíssimas pessoas se lembram desse nome, mas ele sempre volta à tona quando empresas parecidas com a Digital Money surgem.

No entanto, acham que devemos dar um voto de credibilidade para essa nova empresa? É sábio lembrar que muitas pessoas disseram que o Bitcoin era uma perda de tempo. Ah! Como elas estavam enganadas!

Veja: Como anda as cotações das moedas digitais?

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário