Empresa Sul Coreana está planejando lançar sua criptomoeda para fãs de K-pop

Empresa Sul Coreana está planejando lançar sua criptomoeda para fãs de K-pop

A SM Entertainment, uma das três principais agências de talentos pop da Coréia, planeja construir sua própria rede de blockchain com uma criptomoeda nativa, enquanto luta contra uma revolta de acionistas e uma queda no preço das ações.

Joo Sang-sik, diretor do braço de tecnologia da empresa, CT-AI Labs, fez o anúncio na Upbit Developer Conference em Incheon em 4 de setembro, de acordo com um relatório da mídia local IT Chosun.

Joo disse que a empresa tem como objetivo desenvolver uma rede blockchain que permita que os fãs se envolvam mais com o ecossistema de entretenimento, investindo no trabalho dos artistas por meio de criptomoedas.

O diretor forneceu poucos detalhes sobre a tecnologia, mas disse que a empresa pretende fazer uso dos conceitos de cadeias públicas e privadas e atualmente está conversando com potenciais parceiros para construir a rede.

Empresa Sul Coreana está planejando lançar sua criptomoeda para fãs e K-pop
Empresa Sul Coreana está planejando lançar sua criptomoeda para fãs de K-pop.

O negócio de entretenimento como está, utiliza sistemas de liquidação e pagamento ineficientes – questões que o blockchain poderia ajudar a resolver, disse Joo.

A SM Entertainment é uma força no mundo do K-pop, que está se tornando uma das exportações mais importantes da Coréia. A empresa foi fundada em 1995 por Lee Soo-man – às vezes chamado de Presidente da Cultura. Seus atos incluem Girls ‘Generation, EXO e Red Velvet.

A SM Entertainment está listada na bolsa de valores coreana e possui uma capitalização de mercado de aproximadamente US$ 600 milhões. A empresa realizou uma remodelação da administração recentemente, com os acionistas levantando preocupações sobre suas finanças e algumas de suas decisões de negócios. Seu preço das ações caiu 43% desde novembro do ano passado.

A SM Entertainment não é a primeira empresa a propor o uso da tecnologia blockchain na indústria do K-pop.

No final de 2018, foi lançada uma plataforma chamada Ko-fun, com o objetivo de permitir transações criptográficas relacionadas ao K-pop em uma blockchain. O plano era criar moedas para atos individuais, como um BTS Coin.

Traduzido e adaptado de: coindesk.com

Deixe um comentário