Empresas de criptomoedas pagam altas taxas de Ethereum

A empresa que realiza análises de blockchain, Flipside Crypto, divulgou que a Binance e a OKEx realizaram pagamentos de altas taxas pelos saques de Ethereum (ETH), no dia 13 de março, ao haver uma queda do preço de bitcoin para U$ 3.600. Esse valor surpreendeu e marcou os investidores, que lembram o dia como sendo uma quinta feira de azar.

Com essa queda no preço do bitcoin de aproximadamente 50%, o Ether também sofreu uma baixa nos valores para US$85 nas principais bolsas. O mercado todo, portanto, se encontrou em uma série de liquidações num pequeno período de tempo. Assim, os investidores começaram a se assustar com tais quedas e começaram a solicitar saques.

As duas empresas que realizaram os pagamentos das taxas, são conhecidas por obterem o maior preço de “gás”. O termo “gás” é usado para designar as taxas pagas na rede Ethereum blockchain para transferência ou pagamentos de dados. A Binance e a OKEx pareceram processar sem problemas a retirada de usuários.

Binance e a OKEx priorizam os usuários

Alguns dados mostraram que a quantidade de gás que as empresas Binance e OKEx pagaram na rede Ethereum foram até aproximadamente 400% maiores do que as outras empresas. As outras empresas mencionadas foram: Coinbase, OKEx, Kucoin e Kraken pagaram na rede Ethereum.

Empresas de criptomoedas pagam altas taxas de Ethererum

Dave Balter, CEO da Flipside Crypto declarou:

“A Binance e a OKEx parecem estar pagando uma taxa constante significativamente acima do preço de mercado em vigor, conforme evidenciado pelas linhas paralelas amarela e vermelha no gráfico. Isso garante que suas transações tenham a melhor chance de serem incluídas no próximo bloco. Quando o preço do gás disparou, por volta das 8:00 UTC do dia 12 de março, ambos tiveram que calcular um novo limite para suas transações.”

Contudo, as corretoras de bitcoin costumam exigir uma taxa de negociação, saques e depósitos. E, geralmente, são feitas por redes online de blockchain. Tal como a Ethereum e bitcoin, por quase nunca haver aumento na atividade on-chain e por não custarem uma retirada estável por um longo tempo. Podemos citar como exemplo a Binance, que possui taxa de saque de 0,003 ETH, que vale aproximadamente U$ 0,57.

Além dessas taxas, ainda tem que se considerar os custos que são direcionados para a segurança, manutenção e auditorias automatizadas.

Quando uma plataforma de criptomoeda realiza o pagamento de uma taxa com valores acima do comum, ela reduz o valor da receita que a bolsa tem para fazer o financiamento de outras operações requeridas para solicitação de retirada.

Poucas plataformas criptográficas pagaram taxas para saque de Ethereum

Todavia, a Coinbase a Kraken demonstraram que estavam analisando de perto os custos de gás, ajustando as taxas de acordo com mudanças na atividade dos usuários na rede Ethereum.

O cientista de dados da Flipside Crypto, Will Price, disse que um atraso pode ser causado pela espera de usuários para processarem retiradas:

“A Coinbase e a Kraken parecem estar monitorando continuamente a rede e atualizando seus preços de gás de acordo, como visto nas linhas azul e rosa em nosso gráfico. Se essas previsões forem imprecisas, os usuários poderão ter que esperar um pouco para que suas transações sejam processadas. Esses poucos segundos extras podem fazer uma grande diferença para os usuários que tentam arbitrar preços nas trocas “.

Não está totalmente claro ainda sobre o pagamento de altas taxas de trocas depois do lançamento do ETH 2.0. No entanto, a mudança foi planejada do consenso de proof-of-work para proof-of-stake.

Essas mudanças de taxas da rede Ethereum devem proporcionar quedas das taxas atuais. Sendo assim, na próxima vez que houver congestionamento na rede, as plataformas provavelmente não irão ter que se responsabilizar pelas taxas a favor de seus usuários.

Veja mais em: Criptomoedas

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário