Exchange de criptomoedas Sul-Coreana irá remover moedas digitais de sua plataforma

A Korbit, uma exchange de criptomoedas na Coréia do Sul, retirará várias moedas de privacidade e outros ativos digitais, de acordo com um anúncio feito este mês no blog da empresa.

Os clientes terão até o dia 28 de maio para comprar os tokens Zcash, Monero, Dash, Augur e Steem na plataforma, e poderão vendê-los até 21 de junho. Dash, Zcash e Monero são coloquialmente conhecidos como moedas de privacidade porque alguns de seus os recursos técnicos permitem que eles protejam o anonimato do usuário com mais eficiência do que algumas outras criptomoedas.

Em sua declaração, a empresa disse:

“Nós nos esforçamos para facilitar negociações seguras de mais moedas digitais, mas ainda temos que determinar a data para a retomada das negociações das moedas afetadas. Portanto, aconselhamos que você proteja seus interesses vendendo ou retirando as criptomoedas.”Embora a ETHNews não esteja ciente de qualquer pressão regulatória para remover os tokens, Korbit disse em um anúncio em 8 de maio que as retiradas da Steem seriam “suspensas indefinidamente” como resultado de “questões externas”. É possível que essa menção de fatores “externos” seja uma referência tímida à pressão das agências governamentais.

Os reguladores sul-coreanos já intervieram no espaço da criptomoeda por preocupações de que os ativos digitais possam permitir que as pessoas conduzam transações (ilegais) anonimamente. Notavelmente, a Comissão de Serviços Financeiros determinou que as exchanges servem apenas clientes que usam uma conta bancária com seu nome legal, em vez de um pseudônimo.

Se o governo coreano pressionasse as exchanges a abandonar as moedas de privacidade, o esforço seria consistente com os sentimentos que algumas autoridades expressaram em relação à criptomoeda em geral.

O post de 21 de maio do Korbit relata que, embora seu “serviço de [Outros Ativos Digitais] esteja para ser extinto, os clientes ainda poderão negociar os tokens XRP da Ripple, bem como o Litecoin e o bitcoin.

Em abril, os relatórios sugeriram que a Agência de Serviços Financeiros do Japão estava encorajando as exchanges em particular para retirar as moedas de privacidade.

Na semana passada, sem fazer nenhuma menção à agência, o câmbio japonês Coincheck anunciou que retiraria Monero, Dash e Zcash, além de Augur.

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário