Família perde R$ 91 mil em investimento feito na GenBit

Bitcoin GenBit

A promessa de altos retornos financeiros feita pela GenBit atraiu uma dona de casa, de Carapicuíba, a investir em Bitcoin. De acordo com a vítima, ela sempre foi muito conservadora em relação a dinheiro. Porém, como foi prometido 15% de retorno ao mês, não resistiu e resolveu arriscar.

No entanto, o que ela não sabia era do perigo desse tipo de investimento. Promessas de grande retorno financeiro são sempre perigosas. É claro que existem retornos sobre investimento altos, mas quando alguém te oferecer isso é melhor não arriscar.

Vendo a oportunidade de grandes lucros a sua frente, decidiu entrar de cabeça no investimento. Ao todo, foram R$ 131 mil investidos na GenBit. Nos primeiros meses, a empresa cumpriu com o combinado, até o momento em que parou de pagar os rendimentos.

Para a infelicidade da família, foram recebidos apenas R$ 40 mil como retorno. Além disso, há 6 meses nenhuma outra quantia é recebida. Assim, pode-se concluir que foram perdidos R$ 91 mil nas mãos da GenBit.

O que levou a dona de casa a investir da GenBit?

No início, a dona de casa ficou com medo de investir seu dinheiro. Ela já tinha informações de esquemas de pirâmide, e não estava muito confortável com a proposta. Além disso, disse que morria de medo de cair em um esquema desses.

Para ajudar na toma de decisão, buscou conversar com conhecidos acerca desse investimento. As pessoas as quais entrou em contato diziam estarem lucrando muito com a GenBit. Não satisfeita, entrou em contato com um superintendente da empresa.

Ela releva, ainda, que no mesmo mês do contato, um dos corretores da empresa foi até sua cidade para explicar como a GenBit funcionava. De acordo com ela, era uma pessoa bem persuasiva e de boa aparência. Além disso, o corretor disse que, mesmo em caso de falência da empresa, os investidores conseguiriam receber seu dinheiro de volta.

A parte que mais tocou a dona de casa foi quando o corretor disse ser evangélico. Como ela também é evangélica, se sentiu mais confortável com o investimento. Porém, atesta ela, esse detalhe não deveria ter sido levado como selo de qualidade.

A empresa quer pagar com moeda que não existe

De acordo com a GenBit, a causa do atraso nos pagamentos é uma grande desvalorização do criptoativo utilizado por ela. Além disso, culpa a CVM por não permitir ofertas públicas de investimento.

Buscando aliviar os investidores, ela disse estar tentando regularizar suas operações. Porém, disse que não irá pagar usando reais ou Bitcoin, mas sim com Treep Token. Essa criptomoeda é própria da empresa, sendo possível trocá-la por Bitcoins, reais ou serviços de parceiras da GenBit.

No entanto, uma busca rápida pelas criptomoedas existente evidenciou algo bastante problemático: a moeda Treep Token não existe em nenhuma outra corretora, não possuindo liquidez alguma. Isso significa que, mesmo recebendo o dinheiro, os investidores não conseguirão utilizá-lo em nenhum lugar. Além disso, mesmo a operação de troca por reais ou Bitcoin não será possível, dado que ninguém trabalha com esta moeda.

Fonte: UOL 

Compartilhe este post

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Relação Bitcoin x ouro
Bitcoin

Relação Bitcoin x ouro

De acordo com o estatístico Willy Woo, o Bitcoin (BTC) pode em breve se “separar” dos ativos tradicionais, à medida que uma relação de ouro

Leia Mais »

Deixe um comentário